Os Reis Taumaturgos
Estudo sobre o caráter sobrenatural atribuído ao poder régio particularmente na França e na Inglaterra
Categorias
Medieval, Historiografia, Civilização, Geografia E Historia, Ciências Biológicas
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 4802 vezes desde 14/05/2018
Versão
impressa
R$ 74,39
Valor total:
R$ 74,39
Valor total:
R$ 74,39
Sinopse

Durante a Idade Média europeia, o caráter sagrado da realeza era considerado um fato sabido por todos. Os reis não eram simplesmente identificados como os mais altos funcionários do Estado: em torno de suas pessoas havia uma ideia de sacralidade, pela qual eram reconhecidos por seus súditos. Seu poder, acreditava-se, advinha de antigas linhagens, e era sinal de sua própria relação especial com o divino.

Na França e na Inglaterra, essa realeza mágica desenvolveu um caráter específico: acreditava-se que os reis eram taumaturgos, ou seja, curandeiros, e que o simples toque de sua mão seria suficiente para restaurar a saúde aos doentes. Mas não se tratava de qualquer doença: por razões que o historiador francês Marc Bloch procura explicar em sua obra, esses reis eram considerados capazes, por meio da influência divina, de curar especificamente a escrófula.

Os Reis Taumaturgos é uma das obras mais significativas da historiografia contemporânea. Representa a adoção de uma nova perspectiva culturalista para o estudo da história, e marca a abordagem adotada pela escola histórica dos Annales em relação aos temas históricos. O poder e a realeza deixavam de ser temas exclusivamente políticos, para serem analisados a partir de representações, crenças, hábitos socialmente compartilhados.

Partindo da Idade Média e alcançando finais do período moderno, Marc Bloch procura traçar as origens da crença na taumaturgia dos reis, as complexas relações que essa crença estabeleceu com os diferentes panoramas políticos da França e da Inglaterra, chegando ao momento de seu desaparecimento.

Por que surgiu a crença no poder taumatúrgico dos reis franceses e ingleses? Por que essa crença acabou dirigida especificamente à cura das escrófulas? Como essa crença foi adotada pelos soberanos como representação de seu poder político? E, por fim, por que tal crença, que durou tanto séculos, acabou desaparecendo?

Essas são algumas das questões de Marc Bloch procura responder em Os Reis Taumaturgos.

Características
Número de páginas 402
Edição 1 (2018)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 60,35
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 50,59
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 40,28
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 42,20
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 65,31
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 59,76
Ebook
R$ 33,37
Impresso
R$ 40,60
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 41,80
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 40,28
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 40,28
Ebook
R$ 22,60
Comentários
2 comentários
madson
Quarta | 08.05.2019 às 20h05
o Marc Bloch morreu na Segunda Guerra Mundial, mas sua contribuição historiográfica no que tange a escola dos Annales na França, sem dúvida é de suma importância.
ArteSam
Segunda | 14.05.2018 às 18h05
Olá Marc, tudo bem? Faço serviço de conversão epub, capa, solicitação de ISBN, providência de ficha catalográfica, revisão, book trailer, ilustrações, e outros... Caso tenha interesse, fale comigo. Meu site - www.artesam.com - e-mail: [email protected] - página no facebook: www.facebook.com/artesambr