Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
PIMPA, A TARTARUGA
PEÇA TEATRAL INFANTO/JUVENIL
Categorias
Teatro, Comédia, Atuação & Audição, Jovens e Adolescentes, Humor, Artes Cênicas
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 7790 vezes desde 05/01/2011
Versão
impressa
R$ 41,77
Valor total:
R$ 41,77
Valor total:
R$ 41,77
Sinopse

Esta adaptação teatral do romance homônimo infanto/juvenil de MIGUEL M. ABRAHÃO, PIMPA, A TARTARUGA, traduz com humor mordaz as inter-relações das diversas tribos jovens urbanas. Conceitos, ideologias, indumentárias, opções de vidas diferentes constituem-se nos ingredientes básicos dessa fábula cheia de aventuras, mistérios e efeitos mágicos.

Sem originalidade, narrador de histórias sangrentas tenta, em vão, contar a saga de Pimpa, a tartaruga, com cores fortes. Porém, a personagem, punk convicta, interfere na narrativa e propõe que ela seja relatada a partir de seu próprio ponto de vista. A gata patricinha, Apolônia, fanática por shoppings e roupas de marca, apoiando a amiga, intervém, revelando de maneira indiscreta que Pimpa é apaixonada pelo emo Ub, um gaivota diferente do bando de jiujiteiros que domina a paradisíaca ilha, cenário desta história. Estes três personagens escondem um antigo segredo, repassado por uma ancestral de Pimpa, que se torna o objeto de desejo das truculentas aves lideradas por Ju-Gaivota e sua companheira Maria-Tatame.

A fim de proteger Pimpa, Ub revela ao bando os mistérios da ilha e acaba por confiar-lhes todos os detalhes da velha lenda, cujo conhecimento e controle traria grande fonte de poder. Começa, então, uma corrida contra o tempo para evitar que o violento grupo de gaivotas se apodere do segredo. Porém o que nenhum dos envolvidos desconfia é que grandes perigos aguardam a todos, sem exceção, no lado misterioso da ilha...

“PIMPA, A TARTARUGA”, é, assim, uma metáfora que, através dos diversos conflitos entre tribos urbanas (punks, emos, jiujiteiros, patricinhas), fala de relações humanas, de luta coletiva de grupos em busca de seu espaço na sociedade.

Características
Número de páginas 133
Edição 1 (2009)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
MIGUEL M. ABRAHÃO

Miguel M. Abrahão é escritor, dramaturgo e professor de História em colégios particulares e cursos pré-vestibulares do Rio de Janeiro. Possui em seu currículo extensa obra publicada por diversas editoras, facilmente encontrada em sebos ou livrarias, abordando diversos gêneros: romances, infanto-juvenis, teatro e obras científicas na área de História.

Muitas de suas peças já foram levadas aos palcos e continuam a ser encenadas por companhias teatrais de todo o país.

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 35,01
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 44,12
Impresso
R$ 31,75
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 42,51
Impresso
R$ 31,01
Ebook
R$ 11,84
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Comentários
0 comentários