A falange de Évoras
Feiticeiras e bruxas ancestrais
Categorias
Ocultismo, Estudo De Magia, Esoterismo, Religião, Corpo, Mente E Espírito
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 310 vezes desde 04/10/2019
Versão
ebook
R$ 30,14
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 30,14
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Este material é apenas uma pesquisa introdutória para apresentar a você um universo ainda temido e desconhecido. Em outros volumes traremos maiores detalhes sobre o ritual e o culto das Évoras.

Vamos estudar aquelas que foram mortas queimadas, torturadas, afogadas, esquartejadas e banidas da sociedade: As Bruxas!

Aqui não trataremos de exus, pombo giras ou espíritos ciganos. Vamos mais além, do sagrado ao profano, do sublime ao horripilante. A Falange de Évoras sobreviveu a tudo, ao fogo, a água, a terra, ao ar e ao tempo.

Os portais foram abertos e elas estão entre nós. Seja bem vindo ao grande Sabat.

Características
Número de páginas 56
Edição 1 (2019)
Formato A5 (148x210)
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Magno Constantino

Jornalista, escritor, mago e bruxo. Nasceu em Belo Horizonte - Minas Gerais.

É apresentador do programa Despertar da Magia.

Escreve livros de magia, ocultismo, bruxaria, umbanda, oráculos, esotéricos, wicca entre outros.

É fundador da Ordem Mística do Rei de Salomão.

Membro da Sociedade dos Elementais.

Diretor chefe do Correio Coruja o primeiro jornal de bruxaria do Brasil.

Magno realiza encontros de magos e bruxas em todo Brasil sob o titulo Jovens Bruxas. Encontro social geralmente em locais públicos como praça e parques com piqueniques, debates, rituais e feiras.

Realiza o Tour Mágico Brasil: evento no qual promove excursões a locais sagrados e místicos no Brasil.

Ministra curso de magia, bruxaria e wicca nos estados de Minas Gerais, Distrito Federal e Goiás. Também ministra cursos on line no mesmo seguimento.

Formado em Gestão de Recursos Humanos (Unicesumar), pós graduado em psicologia organizacional (Faveni); Gestão de Pessoa e Gestão Publica (Faveni).

Comentários
0 comentários