PROFANO
Para além do pão e do vinho
Código do livro: 364435
Categorias
Esoterismo, Relacionamento Conjugal, Corpo, Mente E Espírito, Biografia e Testemunho
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 138 vezes desde 31/03/2021
Versão
impressa
R$ 50,06
Acabamento
Valor total:
R$ 50,06
Versão
ebook
R$ 25,19
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 50,06
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

E já vai aí mais um bocado de folhas cheias de versos,

dessa vez comemorando a beleza de se está aqui, do

vinho, do sexo e do pão. Da arte de quebrar os

mandamentos inumanos impostos por um alienígena

impiedoso, um incentivo a cobiça da mulher do próximo

quando ele estiver distante e se ela for digna do desejo,

deve-se mentir de mansinho, como quem fode na casa da

sogra, do jeito de ser honesto na adoração de outros

deuses, nem que seja um bezerro de ouro ou aquele tênis

na vitrine daquela loja. Ser profano é o contrário de ser

santo, fazer sexo na posição do missionário (pai e mamãe)

só por preguiça mesmo, gostar de rock e de outras coisas

boas da vida: viver a vida em seu esplendor é ser profano,

ser santo é o contrário disto: é negar-se ao que ser quer

porque se quisesse de verdade talvez não conseguiria...

Amar também, amar é ser romântico, amar a criatura

também é algo muito mudando… que esse livrinho de

cento e poucas páginas lhe ajude a ser profano.

Características
Número de páginas 141
Edição 1 (2021)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

Fale com o autor
Nicodemos Silva

Nicodemos Silva é o nome verdadeiro (porque tem gente que não acha!) desse animal iluminado dedicado as Ciências Ocultas, onde atende pelo nome Iniciático de Zanone Vizir. Nascido em 20 de maio de 1965, com destino em 01, regido pelo Arcano O Mago, do signo de touro, mas já se chegando a gêmeos, filho de seu Jose Viturino da Silva, de vulgo seu Pilão e de dona Carmelita Francisca da Silva, perdeu o pai para o câncer logo cedo e mãe casou de novo e levou a pensão, de fome e de sede o menino passou por todas, é dito, a boca miúda, que ele via “bicho na madrugada”, assombração, coisa ruim. Estudou até o que pode (quinta série do primeiro grau), quando o pai morreu e a mãe tirou da escola para trabalhar...De gari!

Aos 18 anos foi achado ali pelo então mestre de Língua e Literatura, doutore bacharel em Direito-- Amaro Matias com mais de mil diplomas na parede, que gostou do jovem por saber de suas altas notas na escola (que precisou ser abandonada, como já o falamos) que ao ver seus poemas resolveu apadrinhar e treinar o garoto faminto, curioso e mal vestido que iria a sua casa todos os domingos, filar a boia e aprender literatura. Daí em dia o nosso personagem desembestou a ler: filosofia, teologia, história, bíblias, gitãs e alcorões. De Shakespeare a Jorge Amado, de Neruda a João Ubaldo Ribeiro ele comeu tudo com farinha. Então começou a escrever: pois bem, ganhou um monte de troféus nos concursos do SESC de sua cidade (Caruaru-PE), que dava de presente as musas inspiradoras e aí resolveu entrar na música. Pois bem, nesse ramo gravou 54 músicas em 22 CDs, sendo o “melhor letrista de sua terra” segundo Valdir Santos, poeta, cantor, compositor e musicólogo que o descobriu para participar de um concurso regional de música -- O MUSISESC 1996-- e com música (e letra) de sua autoria ganhou o primeiro troféu (melhor arranjo) logo de cara! Achou-se o tal e nunca mais parou de ler e escrever: foi adventista do sétimo dia, Hare- Krishna (Jaya a Srilla Prabhupada Maharaj), espirita (Allan Kardec) e filho de santo de Azariladê (ou pelo menos tentou), Ialorixá das mais competentes que pontificou por mais de 50 anos no trono da nação jeje no pais de Caruaru, cidade que ele ama e já onde tem o nome artístico de “Nicó de Caruaru”.

Nicó de Caruaru tem blogs espalhados por toda internet (Recanto da Letras é um deles), com mais de 700 textos escritos entre poesia e prosa. Desde da época do bigodinho em flor que sonhava em publicar seu livro, lançou o primeiro intitulado “A Casa de Satã” apenas para se sentir realizado, e agora volta com “Profano” para de fato mostrar a que veio. É sacerdote luciferiano rendido ao culto dos Deuses Antigos, tarólogo e esotérico convicto.

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 34,94
Ebook
R$ 15,50
Impresso
R$ 51,88
Ebook
R$ 25,19
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

0 comentários