Razias
Incursões predatórias em territórios indígenas no Vale do Paranapanema'
Categorias
Historiografia, Histórico, Civilização, Referência, Geografia E Historia, Biografia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 1084 vezes desde 07/04/2020
Versão
impressa
R$ 97,40
Acabamento
Valor total:
R$ 97,40
Versão
ebook
R$ 17,22
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 97,40
Este livro pode estar à venda na:
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Trata-se do resgate histórico-documental sobre a conquista do último reduto do sertão inculto paulista, entre os rios Tietê e Paranapanema, desde a descida da serra Botucatu às barrancas do rio Paraná, no bandeirismo de 1850/1851, comandado por José Theodoro de Souza e seu 'exército bugreiro', naquela que foi um maior chacina paulista contra tribos indígenas no século XIX.

Mas, os documentos levantados também apontam passagens anteriores do homem branco pela região, entre a serra Botucatu e os aldeamentos jesuíticos espanhóis às margens do Paranapanema (1608/1628); depois a fazenda jesuítica Botucatu no cimo da serra, nos anos 1719/1759, e a senda militar assentada sobre antigas trilhas indígenas, religiosas e bandeirantes.

Destarte, o Vale do Pardo santa-cruzense não foi apenas corredor de acesso para seguir o sertão adiante. Documentos creditam-lhe experiência de fixação de arranchados, pelo menos nos últimos trinta anos do século XVIII, conforme Carta Provincial do Governo de São Paulo, de 12 de fevereiro de 1771, que obrigava moradores da região a prestar ajuda, em tudo o que deles necessitasse o abridor da estrada, contratado pelo governo paulista de então, em nome da coroa portuguesa.

Por conseguinte, as terras do Pardo eram todas sesmadas e, em grande parte povoadas, conforme garante o Repertório das Sesmarias. No entanto, com o abandono da estrada, as sesmarias não progrediram, as fazendas fracassaram, e os arranchados, à mercê da incômoda presença indígena, bateram em retirada.

Características
ISBN 978-65-000-1090-9
Número de páginas 687
Edição 1 (2020)
Formato A4 (210x297)
Acabamento Brochura
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Celso e Junko Sato Prado

Celso e Junko Sato Pardo são memorialistas, em parceria no resgate histórico-documental para Santa Cruz do Rio Pardo, desde sua origem.

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 95,31
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 55,40
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 56,11
Ebook
R$ 17,22
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 89,22
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 88,82
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 49,87
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 49,87
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 49,95
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 50,83
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 51,87
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 51,39
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 52,35
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 50,83
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 51,39
Ebook
R$ 22,60
Comentários
0 comentários