Shem Ha'Meforash
Os 72 Nomes De D'us
Código do livro: 130033
Categorias
Filosofia, Esoterismo, Espiritualidade, Teologia, Metafísica
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 34390 vezes desde 27/10/2012
Versão
impressa
R$ 119,95
Valor total:
R$ 119,95
Versão
ebook
R$ 29,49
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 119,95
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

No crepúsculo do 6º dia da criação, após a queda de Adão, uma ferramenta sagrada foi criada para nos ajudar a erradicar o caos. Ela foi chamada pelo nome código bíblico de "Matê - O Cajado" que mais tarde seria dado a Moisés no Egito. 72 inscrições sagradas geradas milagrosamente a partir de um único nome, o "Shem ha'Meforash - O Nome Brilhante de Fogo" mas conhecido como "Tetragrammaton - O Nome de D'us de 4 Letras". Este nome santo brilhava em 42 duas cores diferentes e foi usado por Moisés na criação do maior milagre do universo: A abertura e travessia do "Iam Suf - O Mar do Infinito" mais conhecido como "Mar Vermelho". Eles fluíam de dentro do "Matê - O Cajado de Safira" que pesava 6 quilos e somente Moisés podia erguê-lo.

Quando Moisés utilizou destes 72 Nomes Santos, não apenas o mar se abriu em 12 caminhos para que as 12 tribos de Israel passassem com os pés em seco, pois Moisés congelou o fundo do mar, mas também, todos os rios do planeta se fenderam e as cachoeiras rolaram no sentido contrário rios acima.

Todo este poder esta disponível agora para nós, para que ganhemos controle sobre a natureza e sejamos os criadores dos nossos próprios milagres.

Características
Número de páginas 322
Edição 1 (2012)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Colorido
Tipo de papel Couche 90g

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

Fale com o autor
Deepak Veda

A Sha'on-Hourglass foi fundada pelo Cabalista Misha'Ël Ha'Levi, também conhecido com "Bën Mähren Qadësh" e "Dipankara Vedas" em 16 de março de 2020 com intenção principal e primordial de publicar os seus próprios livros e depois atuar como uma editora tradicional e também por demanda publicando obras de outros escritores e autores.

O nome Maharal é uma homenagem ao Grão Rabino de Praga no Século XVI Judá Loëw Ben Betzalel também conhecido como Maharal (Morênu Ha'Rav Loëw) o criador do Golem de Praga e que era também um profícuo escritor.

Não por acaso, mas, pela Divina Providência (Shechiná), a Sha'on-Hourglass Editora foi fundada no mesmo dia no qual, 440 anos antes, o Maharal de Praga criou o Golem, o poderoso ser feito do barro e animado com o poder dos Nomes Divinos.

Sha'on-Hourglass significa, em hebraico (Sha'on) e inglês (Hourglass), Ampulheta ou Relogio de Areia.

O selo editorial Maharal foi o primeiro a ser criado para a Sha'on-Hourglass Editora que também possui outros dois selos que são o Arcádia e o Antares.

Acesse a nossa Loja e desfrute, embarcando numa viagem mística e esotérica, as obras iluminadas publicadas pela Sha'on-Hourglas Editora.

Comunidade Mística Do Deserto: comunidadedodeserto.blogspot.com/

Ficção Científica Cabaista: ficcaocientificacabalista.blogspot.com/

Sha'on-Hourglass Editora: https://www.shaonhourglass.com/

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 61,12
Ebook
R$ 29,49
Impresso
R$ 47,04
Ebook
R$ 27,34
Impresso
R$ 59,25
Ebook
R$ 25,19
Impresso
R$ 50,49
Ebook
R$ 27,34
Impresso
R$ 62,94
Ebook
R$ 29,49
Impresso
R$ 45,70
Ebook
R$ 25,19
Impresso
R$ 109,20
Ebook
R$ 25,19
Impresso
R$ 48,29
Ebook
R$ 29,49
Impresso
R$ 51,09
Ebook
R$ 29,49
Impresso
R$ 50,35
Ebook
R$ 29,49
Impresso
R$ 99,99
Ebook
R$ 29,49
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

3 comentários
Misha'Ël
Domingo | 08.07.2012 às 17h07
Juçara, sim está escrito em branco no azul. Faz parte da engenharia, tecnologia espiritual e do segredo da cor branca. Shalom
Juçara
Quinta | 05.07.2012 às 13h07
Gostaria de saber o livro está escrito com em folhas azuis com letras brancas , como nas primeiras páginas que podemos ler. Há um motivo para ser assim ?
eduardosilva
Segunda | 11.06.2012 às 12h06
bom trabalho, nos dá um bom entendimento. queria saber quantas obras ao todo você já têm? Porque eu ainda vou ver se posso adquirir toso os seus livros.