Sua Majestade, o Escravo
Escravo Rei
Categorias
Ficção e Romance, Geografia E Historia, Literatura Nacional, África
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 1278 vezes desde 25/09/2016
Versão
impressa
R$ 67,72
Valor total:
R$ 67,72
Versão
ebook
R$ 22,60
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 67,72
Este livro pode estar à venda na:
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

O livro resgata fatos esquecidos na história da escravidão de nosso país.O conto começa em uma tribo em Angola, na África, onde as pessoas são capturadas após uma cerimônia de coroação e de um casamento, sendo elas trazidas para o Brasil em uma viagem marcada por maus tratos e sofrimentos.

Trata-se de uma trama que fala de escravos, senhores de escravos, capatazes, e da população de uma pequena cidade com o nome de Rubi, no interior do Espírito Santo, com uma mistura de humor, romances, crueldades e rivalidades.

No decorrer do conto, a escrava trazida para o Brasil tem um filho de seu rei escravizado em outra fazenda. Ao nascer, a criança é vendida pelo Barão Juventino de Alterêz, causando imensos conflitos para o escravo rei. Na busca de seu bebê, o escravo tem a ajuda dos filhos de “seu dono”, o Almirante Damião de Ferraz. O envolvimento dos filhos do Almirante na história tem grande efeito com muitas emoções.

O conto traz ainda uma menina vidente, que ajuda as pessoas em várias situações no decorrer da trama.

Nesta obra, são relatadas as dificuldades e os maus tratos recebidos pelos escravos nas senzalas do Brasil, além de perceber com clareza a arrogância, ganância e maldade dos senhores de escravos, feitores e capatazes.

Pode-se notar que, mesmo fragilizado, o escravo conseguia reagir em várias situações. Também se veem as histórias de amor que colocavam em discórdia as famílias e fortaleciam o sentimento maior entre as pessoas envolvidas, inclusive, amor proibido, amor bandido, amor sofrido.

Na história, podemos esclarecer como era a vida das pessoas na época das charretes, dos coches e da Maria Fumaça. Satisfaz nossas curiosidades e nos faz mergulhar em um tempo de construção dos valores de nosso país.

Sua majestade, o escravo se constrói a partir de uma trama emocionante, narrada de forma clara, onde os personagens têm seus destinos cruzados ao longo dos acontecimentos.

E tem um final emocionante!

Características
ISBN 978-85-5697-005-3
Número de páginas 338
Edição 1 (2016)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Couche 90g
Fale com o autor
Luiza Isalberti Alves

Professora em escola pública há cerca de trinta e cinco anos e casada há quarenta, sou mãe de quatro filhos; hoje, com cinco netos, tenho algumas paixões na vida, entre elas, a natureza, a família, o mar, a fé e o prazer em transformar fantasias em roteiros, contos e causos.

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Comentários
2 comentários
Luiza I Alves
Terça | 11.02.2020 às 17h02
Agradeço ao leitor pelo comentário. Obrigada!
Neto
Terça | 10.12.2019 às 19h12
Este livro trás a tona, como os escravos eram tratados, transportados e comercializados nos tempos de escravidão, trás humor com alguns de seus personagens e trás um grande romance que por causa da escravidão se tornou difícil de progredir, para quem busca sabe como foi um dia a vida dos escravos, esse livro é uma das melhores opções!