Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
Teoria da Acidez na Aterosclerose
Novas Evidências
Categorias
Medicina, Ciências Biológicas, Literatura Nacional
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 3972 vezes desde 07/11/2011
Versão
impressa
R$ 34,24
Valor total:
R$ 34,24
Versão
ebook
R$ 13,99
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 34,24
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

A despeito da contínua, maciça e estridente campanha contra o colesterol alto como o grande responsável pela geração da doença arterial coronária, e da grande quantidade de estudos procurando confirmar e reforçar esse conceito, pesquisas antigas e recentes sugerem que sua precipitação é uma resposta curativa do organis-mo frente à injúria sofrida pelo endotélio.

Essa linha de pensamento teve peso em nossas idéias quando no desenvolvimento da Teoria da Acidez na Aterosclerose, realizado em 2006.

No presente livro apresentamos uma seleção de artigos publicados a partir do final de 2009, em nosso blog Teoria da Acidez na Aterosclerose: Novas Evidências (www.aciditytheory.blogspot.com).

Entre os assuntos tratados nesses artigos destacamos:

a) Que a maioria dos fatores de risco para a aterosclerose ativa o sistema nervoso simpático como, por exemplo: estresse psicológico, idade, fumo, poluição do ar e dietas à base de alto teor de carboidratos.

b) Que em doenças associadas à aterosclerose como, por exemplo, diabetes, hipertensão, apnéa obstrutiva do sono, disfunção erétil e na infecção por bacteremia, ocorre a predominância do simpático

c) Da relação entre a maior produção de ácido láctico com a maior concentração de lipídeos nas artérias coronárias.

d) Da elevação do ácido láctico no plasma como vínculo entre a aterosclerose e outras doenças.

Características
Número de páginas 107
Edição 1 (2011)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Carlos Monteiro

Carlos Monteiro, pesquisador e cientista brasileiro, é discípulo e seguidor no plano científico do Dr. Quintiliano H. de Mesquita, que desenvolveu a teoria miogênica do infarto do miocárdio em 1972 e diversas outras contribuições pioneiras para a medicina. Com o falecimento do Dr. Mesquita em 2000 encarou como sua missão manter a memória científica e defender as teorias desse gênio da medicina, inclusive na atualização da teoria miogênica frente ao conhecimento científico corrente.

É presidente do Infarct Combat Project, uma entidade internacional que luta contra a doença cardíaca através da informação, pesquisa e educação; membro não oficial da rede internacional de cépticos quanto ao colesterol (THINCS) e membro do conselho honorário da Fundação Weston A. Price, entidade americana que se dedica a explorar a validade científica das tradições na dieta, na agricultura e na Medicina, a nível mundial.

Em 2006, desenvolveu a teoria da acidez na aterosclerose, a qual dá uma nova explicação para o processo fisiopatológico da doença arterial coronária, complementando a teoria miogênica do infarto do miocárdio, desenvolvida em 1972 por Quintiliano H. de Mesquita.

Infarct Combat Project: www.infarctcombat.org

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 34,24
Ebook
R$ 13,99
Comentários
0 comentários