Variabilidade do Estoque de Carbono no Solo
Considerando diferentes coberturas vegetais e o uso da terra no município Ariquemes - RO
Categorias
Didáticos, Educação, Geografia E Historia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 779 vezes desde 20/10/2015
Versão
impressa
R$ 31,79
Valor total:
R$ 31,79
Versão
ebook
R$ 11,84
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 31,79
Este livro pode estar à venda na:
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Uma das preocupações mundiais da atualidade está ligada ao aquecimento global e suas formas de mitigação, onde os solos podem funcionar como fonte ou sequestrador de gases do efeito estufa para a atmosfera, dependendo do tipo de manejo adotado. Assim, o sequestro de carbono constitui uma das principais estratégias para a mitigação do aquecimento global. Neste sentido é finalidade deste trabalho avaliar o armazenamento de carbono em diferentes uso da terra, considerando quatro sistemas avaliados: reflorestamento de Tectona grandes Teca, Brachiaria brizantha pastagem degradada pelo uso, Saccharum ssp cana-de-açúcar e floresta nativa visando valorar o aporte deste beneficio ambiental em suas sustentabilidades, determinando o melhor sistema com a avaliação de algumas propriedades físicas e químicas do solo e a relação desses com o teor de matéria orgânica e avaliando-se a dinâmica do estoque de carbono de fácil cultivo na região e que podem ser implantadas na agricultura familiar, em áreas já degradadas anteriormente, e produzir uma fonte de renda para o pequeno agricultor a partir de estimativas do estoque de carbono orgânico total em solos do tipo Latossolo Vermelho-Amarelado além de quantificar o estoque de carbono total em diferentes sistemas de cultivo nas camadas de 0 - 20 e 20 - 40 cm de profundidade, em reflorestamento de Tectona grandis - Teca Brachiaria brizantha- pastagem degradada pelo uso Saccharum ssp cana-de-açúcar em comparação com solo da mata nativa. Em todas as áreas a densidade aumentou e efeito os estoques médios de carbono diminuíram com o aumento da profundidade. Os resultados mostraram que para as áreas de cultivo de cana de açúcar, pastagem e a Teca possuem elevado potencial para estocar C no solo. Os resultados obtidos contribuíram para o melhor entendimento de possíveis alterações nas características da matéria orgânica do solo, fornecendo subsídios para a melhoria da qualidade do solo em áreas sob esses cultivos (Teca, Brachiaria brizantha e cana-de-açúcar) no Brasil, em especial para Rondônia, além de ajudar a estabelecer estratégias de manejo que promovam a sustentabilidade ambiental.

Características
ISBN 978-85-68841-48-8
Número de páginas 152
Edição 1 (2015)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Comentários
0 comentários