Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
A QUINTA ESTAÇÃO
Categorias
Preconceito, Amor E Romance, Amizade, Realismo Fantástico, Ficção e Romance, Família E Relacionamentos
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 1124 vezes desde 21/02/2018
Versão
impressa
R$ 43,94
Valor total:
R$ 43,94
Versão
ebook
R$ 17,22
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 43,94
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

O destino é algo indecifrável que a vida nos ensina, porém é algo certo e ele se dá pelos caminhos que escolhemos. Foi esse destino que cruzou a vida desses dois rapazes Mateus e Vicente, o primeiro filho de pais ricos e o segundo filhos de pais trabalhadores do campo, ambos com uma história, uma bagagem, uma essência que se cruzaram naquele primeiro dia ao qual se conheceram, e depois de uma prova de heroísmo de Mateus para com Vicente, surge uma inabalável relação entre os dois.

Muitos tentam destruir essa ligação tida entre os dois, desde as fofocas geradas na faculdade, até as insatisfações familiares por parte da família de Mateus, que tinha uma mãe extremamente protetora e obsessiva, que nunca aceitara que Mateus havia doado um órgão para alguém estranho, muito menos ter perdido o vestibular de medicina para esse transplante fazer.

Diferente dos pais de Mateus, do qual o pai era neutro e mãe era ambiciosa, os pais de Vicente eram muito presentes, meigos e amorosos, viviam na simplicidade de uma casa no interior de uma fazenda da qual trabalhavam. Seu Ubanir e Dona Rosa são eternamente gratos a Mateus, por ter possibilitado através daquele transplante uma nova vida ao seu filho.

Na faculdade eles tinham muitos amigos, mas a amizade que tinham pelo outro era de fato muito próxima, isso provocou a formação de fofocas sobre a sexualidade deles. Mas essas fofocas, não os abatiam, muito menos mudavam o que um sentia pelo outro, que de fato era amor.

O livro “A quinta estação” é um romance, que conta a história de dois rapazes Vicente e Mateus, entre os anos de 2001 e 2009, que depois de se conhecerem passam a ter amor um pelo outro, e enfrentam o mundo por esse sentimento, mostrando que o amor rompe qualquer barreira, seja ela qual for, e que não existe apenas um amor nesse mundo, existem vários amores, o de mãe, o de pai, o de família, o de parceiros, o de amigos, o de irmãos e o de Deus.

A quinta estação é uma história de amores, intrigas, desejos, sentimentos, dúvidas e certezas, retratados em temas atuais e polêmicos, uma história cheia de enigmas e curiosidades das quais atiçará o leitor que a ler.

Características
Número de páginas 316
Edição 1 (2018)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Wagner Brendaw de Aguiar Brito

Wagner Brendaw de Aguiar Brito é um jovem de 24 anos, nascido em abril de 1992, na cidade de Brumado, no estado da Bahia. Desde cedo tinha vocação em escrever, desde poemas a textos em prosa, e viu através desse empreendimento a oportunidade que precisava para a publicação de suas obras.

Filho de Edson Wagner Pereira Brito e Márcia de Aguiar Brito, sempre recebeu total apoio de seus pais em suas decisões, seja na vida pessoal, interpessoal e vocacional. Formou-se em 2012, no Instituto Federal de Ciência e Tecnologia da Bahia, em Técnico em Edificações, formação que o possibilitou a atuar em renomadas empresas que edificavam grandes obras ferroviárias, onde atuou por cerca de 5 anos. Hoje, não mais estando em ferrovia, atua prestando alguns serviços na sua área técnica.

Wagner Brendaw também é uma pessoa poliglota, falando fluente o espanhol, cujo aprendeu aos 14 anos, dominando ainda, o Italiano e o idioma Galego, tendo em vista, para breve, a verso-tradução de suas obras para esses idiomas dos quais domina.

Em 2016, Wagner conhece a Maria de Assis Pinheiro, uma grande escritora de Pé Serra, escritora de poesia, pensamentos e crônicas. Ela o presenteou com três dos muitos livros de sua autoria, e o fez acreditar que era possível seguir em frente e publicar um “sonho”. O grande incentivo de Maria de Assis, que é apelidada por ele de madrinha de suas obras, o fez publicar seu primeiro livro, intitulado de "As cores d'alma", uma obra com poemas objetivos e subjetivos, relatando os mais variados assuntos, sejam eles calmos ou polêmicos, amorosos e conflituosos, sendo direcionado aos mais variados públicos.

Wagner Brendaw de Aguiar Brito também é autor de outras obras, e breve estará publicando mais livros.

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 35,93
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 35,02
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 34,78
Ebook
R$ 17,22
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 34,55
Impresso
R$ 39,77
Ebook
R$ 13,99
Impresso
R$ 51,54
Ebook
R$ 15,07
Impresso
R$ 50,01
Impresso
R$ 30,93
Ebook
R$ 13,99
Impresso
R$ 44,87
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 39,23
Impresso
R$ 41,89
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 40,31
Ebook
R$ 15,07
Comentários
0 comentários