Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
Análise Semiótica do Defunto-Autor
em Memórias Póstumas de Brás Cubas
Categorias
Linguística, Literatura Nacional, Realismo Fantástico
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 5587 vezes desde 06/02/2012
Versão
impressa
R$ 27,29
Valor total:
R$ 27,29
Versão
ebook
R$ 15,04
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 27,29
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

A consagrada obra Memórias Póstumas de Brás Cubas tem como figura central o defunto Brás Cubas protagonizando a narrativa; a esse signo se seguem inúmeros outros que pontuam a obra de imprevisibilidade.

Muitos foram os críticos literários que afirmaram ter sido Machado se Assis um escritor que traduziu o enigma da condição humana a partir de uma linguagem simbólica; aliás, críticos do mundo todo tentam decifrar os símbolos do Bruxo do Cosme Velho, tal qual o segredo enigmático da esfinge com seu célebre “decifra-me ou te devoro”.

A primeira questão que nos vem à tona é: por que teria Machado de Assis optado pela imagem de um defunto como protagonista de sua obra? Por que preferiu delegar a um espécime do reino dos mortos a incumbência de narrar uma obra que ele já concebera com a precípua intenção de ser um divisor de águas, conforme depois a crítica comprovou?

Neste ensaio, a autora tenta mergulhar nessa questão e sugere uma das possibilidades de leitura dessa obra tão singular que a genialidade de Machado legou à humanidade.

Características
Número de páginas 43
Edição 1 (2012)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
JERUSA GUIJEN GARCIA

Jerusa Guijen Garcia é mestre em Comunicação Social e Especialista em Divulgação Científica. Bacharel em Letras e curso técnico em Dramaturgia. Docente de Jornalismo, Publicidade, Português, Inglês, Dramaturgia, Desenvolvimento Comunitário. Membro da Missão Brasileira de Cooperação Internacional da Capes no Timor Leste em 2005 e 2006. Autora dos livros "Timor Leste: Vaca de Soberbas Tetas", "Abrindo os Portais da Comunicação", "A Presidenta e suas Nove Ministras", "A Rota de Shambhala", "A Liturgia dos Urubus", Decifra-me ou te Devoro", bem como de inúmeras outras obras teatrais, literárias e paradidádicas. Tradutora do livro “Fundamentos do Radiojornalismo” (Ed. Roca, 2006). Trabalha como Profissional da Escrita (writer´s coach). Ganhou o prêmio Nascente de melhor texto dramático em 1999, promovido pela USP e patrocinado pela Abril Cultural com a obra Vida Rústica. Possui também inúmeros outros prêmios literários. É presidente-fundadora da ONG "A Rosa de Sharon", uma escola de artes e inclusão social para crianças e jovens de baixa renda, com sede em Embu das Artes - SP.

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 22,81
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 27,17
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 29,52
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 30,55
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 29,52
Ebook
R$ 11,84
Comentários
0 comentários