Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
Ciclo dos 600 Sonetos pós-modernos
Categorias
Fantasia, Engraçado, Clássicos, Poesia, Literatura Nacional, Ficção
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 961 vezes desde 26/07/2018
Versão
ebook
R$ 46,28
Disponível em:
epub
Valor total:
R$ 46,28
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

1. Introdução pós-moderna

Novos rascunhos estão prontos à mesa

Da minha consciência poética!

Para uma análise mais acomodada

A estática dos versos sintéticos

Dentro das regras métricas de um soneto:

- Falo agora, da métrica pós-moderna.

Sou um simples feitor das novas medidas

Que me abre um espaço a mais e renova

O estilo das letras na expressão poética.

Temos no soneto Italiano e Francês,

A métrica de quatorze versos.

Porém ao estilo de soneto Brasileiro, propus,

Uma métrica de 18 versos, graduadas em:

Uma estrofe de seis versos, uma de cinco,

Uma de quatro e uma de três.

Novos rascunhos estão prontos à mesa

Da minha consciência poética!

E a partir de agora – meus sonetos serão assim.

02. O filho da barriga de aluguel

Sistematicamente, o casal queria ter um filho!

Mas as condições de saúde da mulher eram precárias!

Então compuseram uma ideia – de achar uma otária...

A mulher emprestada ficara nove meses conseguintes,

Cuidando daquela criança para a mãe verdadeira!

Enfim, aquele infeliz nasceu – era um lindo menino!

Infeliz por quê? Porque crescera escutando de que,

Os seus pais não pagaram o combinado do aluguel.

O infeliz menino Miguel tivera que crescer e pagar

O aluguel da barriga de Dona Raimunda:

- Que nessas alturas... já estava feia de tudo...

Ela não queria receber de jeito nenhum!

Mas o Justo menino, agora, já um moço formado!

Tivera a feliz ideia de lhe dar de presente:

- Uma Linda Catacumba! Que mais rimava com ela,

Naqueles tempos de nova: de quando era feia de cara

E boa de... Agora de pôr na Catacumba!

A velha dormira dentro do último presente do mundo.

Características
Número de páginas 314
Edição 1 (2017)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Cabral Veríssimo

José Vieira Cabral Nasceu no dia 25 de agosto de 1.960 em Xambrê, Paraná, viveu ali até os seus oito anos de idade e depois os seus pais se mudaram para Maringá no mesmo Estado. E aos 19 anos mudou-se para São Caetano do Sul, Região do Grande ABC, São Paulo, onde permanece até o presente momento. O Autor/produtor foi comerciante a maior parte de sua vida, mas também trabalhou como empregado em algumas Empresas: Foi Administrativo e Encarregado de obras Civis, tendo como formação (Mestria em Construção Civil) e, mais de 100 Cursos de diversas áreas. Como Escritor e pesquisador escreveu diversas Obras Literárias e Didáticas. E também é fundador da Livraria e Editora Virtual Cabral Veríssimo (seu nome artístico). O seu Site:(ciacabralverissimo.loja2.com.br), CNPJ 17.698.240/0001-04; onde produz os seus Livros e Cursos online para a plataforma da > www.buzzero.com/autores/jose-cabral?a=jose-cabral

Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 41,70
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 33,21
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 44,76
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 47,63
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 49,91
Impresso
R$ 56,61
Ebook
R$ 19,37
Impresso
R$ 34,99
Ebook
R$ 13,98
Impresso
R$ 56,88
Comentários
0 comentários