DIVERSO
sonetos de repente
Categorias
Poesia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 5703 vezes desde 05/01/2011
Versão
impressa
R$ 34,82
Valor total:
R$ 34,82
Valor total:
R$ 34,82
Sinopse

Eu sou Josué Dantas de medeiros,nascido no inóspito sertão paraibano, na bela cidade de santa luzia, terra emoldurada pelas belas montanhas do planalto da borborema, e entremeada pelos rios que enchem ao sabor das águas de março.

Sempre á procura de saber quem sou,fui devagando neste mundo louco, sem nunca pedir mais do que eu dou,eu gritei até ficar rouco, deixei minha terra e sai chorando, para buscar os sonhos de menino, meu pai,Manoel Inácio de Medeiros (poeta, ídolo e incentivador) e minha mãe, Terezinha Maria Dantas de Medeiros( a muralha de nossas vidas), perguntaram, filho, até quando?, eu respondi: que diz é o destino.

Comi poeira , mas tomei meu rumo, fui achando um prumo e aprendi com a lida, o amargo da vida , eu provei sorrindo e quem me viu caindo, foi numa subida, sempre gaugando a minha labuta, aprendi que a luta é quem traz a sorte e fugindo da morte, me abracei com a vida, e um dia, de partida, voltarei para o meu norte.

Características
Número de páginas 95
Edição 1 (2010)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Comentários
13 comentários
Francisco(Charles)
Sábado | 16.06.2012 às 11h06
Meu amigo e conterrâneo, parabéns pelo livro;vc é um vencedor!
Lidiane
Terça | 15.11.2011 às 14h11
“A poesia é a arte de materializar sombras e de dar existência ao nada.” Parabéns!
geane
Sábado | 22.10.2011 às 22h10
bom,não imaginaria q vc era um poeta a moda antiga.nossa adorei o começo do livro. quero ler mais.parabens pela sua história.vc é um doce de pessoa.e com certeza colocou todo o teu carinho neste livro.parabens mais uma vez .bjo
angelasilva
Segunda | 26.09.2011 às 14h09
lindooooooooooooooooooo .
carla amaro
Segunda | 22.08.2011 às 21h08
Ainda existe um romântico no mundo, ameeeeeeiiiiiiii!
Josie (Maceió)
Segunda | 30.05.2011 às 23h05
Escrever, realmente é uma arte, fazer com que alguém leia, é outra, maior ainda! Conhecendo você pessoalmente, algo me chamou atenção, comentei com alguém que alí estava, será possível alguém ser tão delicado como ele, fala com os olhos, mãos lindas. Engraçado recebi este poema, fiquei fascinada, jamais imaginaria que fosse de sua autoria. Parabéns, fabuloso poema!
marta rodrigues
Sábado | 26.03.2011 às 10h03
poesia de verdade, gostei!
marieva
Segunda | 21.03.2011 às 01h03
caramba! que lindo livro!
gustavo sobrinho
Segunda | 21.03.2011 às 01h03
excelente leitura! parabéns
Maria
Quarta | 09.03.2011 às 23h03
Parabéns pelo livro.
Sexta | 28.05.2010 às 17h05
Amei seu livro lindo Josué. bjos de suma fã.
Sexta | 28.05.2010 às 17h05
Amei seu livro lindo Josué. bjos de suma fã.
Sexta | 28.05.2010 às 14h05
"não quero deste mundo nenhum crédito, só busco a perfeição deste soneto", trecho do soneto "compondo o vento"