Exercícios de Solidão
Poemas
Categorias
Poesia, Literatura Nacional
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 12276 vezes desde 19/04/2011
Versão
impressa
R$ 61,11
Valor total:
R$ 61,11
Versão
ebook
R$ 33,37
Disponível em:
epub
Valor total:
R$ 61,11
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Primeiro livro do autor, Claudionor Aparecido Ritondale, cuja publicação original deu-se em 1980, quando o poeta contava 23 anos de idade. Algumas curiosidades sobre o livro: a carta que o poeta enviou a Carlos Drummond de Andrade, referindo-se ao poema “No meio da pedra”, que faz uma paródia do famoso “No meio do caminho”, de Drummond – o consagrado poeta respondeu a Claudionor agradecendo e assinando com suas mãos já trêmulas (a carta constituiu-se durante muito tempo uma preciosidade para o jovem poeta); ou o envio, por iniciativa de uma distribuidora (Atlântis Livros) de exemplares do livro para a Biblioteca Nacional da Austrália, o que muito o honrou.

Recentemente, o livro foi citado num “blog” de telespectadores que enviavam mensagens a participantes de um programa televisivo. O autor da mensagem colocava este livro ao lado de uma produção do grande poeta norte-americano Walt Whitman, um ícone da poesia universal, algo que também envaideceu o poeta brasileiro.

Características
Número de páginas 80
Edição 1 (2009)
Formato A5 (148x210)
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Claudionor Aparecido Ritondale

Escritor, músico, crítico de arte, professor de Português, Filosofia e Sociologia, tem 58 livros publicados e alguns prêmios literários. Tem 62 anos, é casado, mora em São Paulo e tem uma filha. Adora cães, tem dois da raça cocker spaniel inglês. Curte ler, escrever, acompanhar alguns esportes, aprecia vinhos e alguns pratos de culinárias típicas. Traduz vários textos porque tem conhecimento de italiano, inglês, espanhol e francês. Gosta de conversar, ver filmes e alguns programas de televisão, além de ouvir muito rádio. Odeia trânsitos e tem reservas quanto a viagens (aprecia apenas as que têm alguma perspectiva cultural envolvida). Faz revisões de textos, ministra alguns cursos de escrita criativa, dá assessoria para escritores novos e tenta fazer alguns outros "bicos". Busca ser bem-humorado e adora corresponder-se e conhecer outros mundos interiores. Poesia e prosa são ambas áreas de seu interesse e de algum domínio, exceto ainda grandes fôlegos (como o romance, algumas vezes tentado, mas ainda não alcançado). Já virou Mestre em Língua Portuguesa e concebeu uma dissertação. Gosta de compor textos não ficcionais e publica artigos e crônicas na Internet, que vê como um dos mais instigantes modos de aprender de nosso tempo complexo e fascinante. As artes sempre o empolgaram, tendo já praticado ou estudado várias delas - teatro, dança, literatura, pintura, música, arquitetura - e se aproximado de outras - muito do cinema, menos da escultura. Praticou já um pouco de histórias em quadrinhos e um pouco de criação gráfica em computador. Recebeu uma distinção, o prêmio Quality Gold 2015, da Sociedade Brasileira de Educação e Integração, representante brasileira da International Quality, pelos serviços prestados à educação.

Claudionor A. Ritondale: www.ritondale.com.br

Comentários
0 comentários