Fantasma Da Flor Vermelha
O COMEÇO
Código do livro: 163123
Categorias
Diversos, Jovens e Adolescentes
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 3208 vezes desde 09/04/2014
Versão
impressa
R$ 31,36
Valor total:
R$ 31,36
Versão
ebook
R$ 14,42
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 31,36
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

volume 01/abr2014

FANTASMA DA FLOR VERMELHA

"O COMEÇO"

O livro, FANTASMA DA FLOR VERMELHA, conta a historia de um rapaz, Jose Santiago, na primeira fase, tímido e bastante inteligente e muito apaixonado por flores vermelhas, no qual passava por vários constrangimentos no colégio, e apaixonado por sua colega de sala de aula, Helen que era também melhor amiga de Patrícia. Helen é uma das meninas mais linda da escola, que tinha um ‘namorico’ com o garoto chamado Guilherme, prepotente que sempre humilhava o nosso personagem principal.

O Livro contém três fases e será dividido em dois volumes, "O COMEÇO" e "DO MEIO PARA O RECOMEÇO"! A primeira, O COMEÇO, marca por contar um pouco da historia do rapaz no colégio, convívio familiar, seus medos e desejos! E foi escrito quando a autora tinha 17 anos, em 1999, tanto que a linguagem que o livro foi escrito (gírias e termos) foi exatamente da época da adolescência dos anos 90! A inspiração veio de repente, quando Frann de Carvalho estava arrumando casa e veio algo no coração, pegou um caderno e começou a escrever. É uma grande viagem, real, imaginário, uma mistura de pensamentos, adolescência, romance, casos e acasos, erros e acertos de nossas juventudes, rebeldias, obediência, inteligência e coisas de outro mundo com um pezinho no espiritual, com grande abundância de pequenos versos, pensamentos e opiniões! Um livro que ao começar ler, queremos saber o final, simples, sem palavras difíceis, livro comum, mas com todo seu charme!

Características
Número de páginas 79
Edição 1 (2014)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

Fale com o autor
Frann de Carvalho

Sou Frann de Carvalho, casada com uma menina a 09 anos, temos dois filhos, sou DJ a 09 anos, moro em Goiânia, tenho 32 anos, adoro escrever, e fiz de meu Facebook um livro onde falo de minha vida na maternidade. Engraçado, quando criança, antes mesmo de aprender a ler, eu sempre tava lá em pensamentos imaginando histórias, contos, e nas paredes deixava sempre as minhas marcas. Eram desenhos e mais desenhos já mostrando alguma história que eu queria contar. Daí aprendi a ler, adorava e adoro ler. Nem sei mais quantos livros já li na vida, só me lembro que quando estava na sexta série, eu li 40 livros em um mês. Agora imagina isso até os dias atuais. E pretendo colocar leitura aqui na minha casa, na rotina dos meus filhos, pois é muito importante para o desenvolvimento da escrita, do pensamento e também abre mais a mente para um monte de coisas.

E escrever... meu Deus, já escrevi tanto nessa vida. Se algumas pessoas não pensassem que era tudo uma perda de tempo, acho que nosso Guarda-roupas não caberia tanto papel. Escondia tudo debaixo da cama, mas por escutar isso e aquilo acabava rasgando. Aquilo me matava por dentro. Já escrevi contos, livretos, poemas, versos, livros, posso dizer assim lembrando uns 06, pois sei que tem mais. Teve um deles que sumiu, chamava "Um Artista", eu queria tanto encontrar este livro. E o pior que dentro do conteúdo da história o personagem principal perde seu primeiro livro que escreveu, e anos mais tarde, descobre que foi publicado em nome de outra pessoa. Será que isso pode acontecer comigo, pois sou suspeita, mas a história era muito boa.

Escrevi outro que já tinha mais de 1000 páginas, era dividido em 04 fases, e esse confesso que tava me deixando um pouco conturbada, e por isso, eu mesmo rasguei ele, com o coração na mão. O único que tenho em mãos, é o que comecei a publicar por aqui "Fantasma da Flor Vermelha", Livro simplesmente excepcional. Uma história meio americanizada, com um conto de romance e conselhos para adolescentes e ao mesmo tempo uma linha espiritualizada, mas com muito aprendizado, nos levando à fatos de reencarnação. Me lembro do dia que comecei a escrever este último. Tinha 17 pra 18 anos. Tinha assistindo numa noite anterior um filme de um cara que vive nas sombras, parecia medonho, mas ele era o mocinho. E daí no outro dia, tava eu arrumando a casa, e de repente me veio umas palavras na cabeça "Faltam 15 minutos para as oito horas da manhã, horário em que o Colégio Oliveira Martins dava o sinal para que todos os alunos se acomodassem em suas salas e começassem um novo dia de estudos...". Era o início do livro. Sei que larguei tudo o que tava fazendo, peguei um caderno e comecei a frase acima, escrevi até a mão endurecer, e sabe a coisa mais engraçada? Escrevia rápido, parecia que tinha vivido a história e estava somente contando um acontecido. Foi mágico escrever este livro, adoro reler este livro. Apesar da minha infantilidade na época e palavreado adolescente anos 90, a história é linda.

Sei lá, gosto mesmo de escrever. Sempre dizia que ia ser escritora. Sempre me inspirei na Cora Coralina, até proferia as palavras que meu primeiro livro ia sair com a mesma idade dela. E o mais engraçado, é que quando fui me especializar em informática, foi bem no Senac Cora Coralina. E tenho uma história com esta senhora tão importante. Em Goiás Velho, éramos vizinhos dela. Coisa engraçada. Estou tendo a oportunidade de publicar meu primeiro livro aqui, e com certeza será primeiro de muitos, mas na internet pude me realizar e estou aí contando sobre a vida real, uma biografia sobre vários momentos de minha vida, desde a infância ate fase adulta, ou pode se dizer também um diário da vida de uma mãe, as minhas experiências maternais. Uma vida que eu achava tão pequena e sem valor, mas o melhor de tudo é que descobri que tudo o que já se passaram no decorrer dos meus tempos, não foi tão comum assim. Foi virando história, causos, contos, conselhos, uma psicologia, uma vida cheia de experiências que tenho o maior prazer de compartilhar através da escrita.

Acredito que se Deus me deu a oportunidade de presenciar tantos fatos, é por que me deu a missão também de dividir com os outros através de minhas mãos e pensamentos. Não tenho palavras bonitas, meu português é tipo assim "parece que estou ao lado de alguém batendo papo", ou seja, simples e fácil. Eu consegui o que eu queria, escrever, e escrever pra quem gosta de ler e até pra quem não gosta de ler. Eu adoro isso aqui, não dou conta de parar.

Tem horas que me faltam, como se diz, inspiração, mas nem tanto inspiração e sim motivação, pois minhas histórias são reais, com exceção o livro FANTASMA DA FLOR VERMELHA que foi criação minha e pretendo me formular à escrever também livros com historias fictícias para crianças e adolescentes. Mas é assim mesmo, as palavras as vezes faltam, mas depois vem com tudo, como uma banda de desfile escolar na minha cabeça.

Eu estou aqui, vim para escrever. Obrigada por vocês me ouvirem, obrigada por lerem minhas histórias... obrigada por existirem em minha vida. Por isso dizem "as palavras podem ter dois caminhos, união e desunião, elas não voltam pra boca e nem para os dedos das mãos as quais escreveram".

Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

1 comentários
Glaucia da Fonseca Pereira
Terça | 22.04.2014 às 13h04
Goiás deve se orgulhar do talento de seus escritores e sair daquele marasmo de só reconhecer os mais antigos. Idéias surgem do nada e muitas vezes podem até retratar condições semelhantes mas o momento é outro, o local idem e o motivo vem de situações criadas por pessoas diferentes retratando momentos diferentes com sentimentos diferentes. Vamos apoiar essa nova escritora que é "da nossa cozinha" como expressa um dito popular retratando amizade verdadeira!