Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
HAROLD PINTER E OUTROS
OS LIMITES DA REALIDADE
Categorias
Artes, Artes Cênicas, Literatura Estrangeira
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 18103 vezes desde 03/09/2014
Versão
impressa
R$ 42,51
Valor total:
R$ 42,51
Valor total:
R$ 42,51
Este livro pode estar à venda na:
Sinopse

Quando se observa a hostilidade ou a indiferença da recepção que as obras iniciais de Pinter obtiveram e as comparamos ao conceito que o autor usufrui no presente, indubitavelmente ocupando uma posição de destaque dentre todos aqueles escritores merecedores de maior prestígio não apenas no Reino Unido como universalmente, constata-se uma diferença abismal.

Sua primeira peça apresentada profissionalmente em Londres, foi retirada de cartaz após apenas uma semana de apresentações devido à mínima afluência de público, acompanhada de uma quase que unânime recepção negativa por parte da crítica. A mudança radical se deu em um período de tempo relativamente curto, pois é a partir de The Caretaker que suas obras passam a acumular prêmios e vão-se constituindo também sucessos de público, ultrapassando os limites do Reino Unido, passando o autor a ser alvo de inúmeras homenagens, culminando por ser condecorado pela Rainha e agraciado com o Prêmio Nobel de Literatura em 2005.

Características
ISBN 978-85-64137-36-3
Número de páginas 359
Edição 1 (2014)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
UBIRATAN PAIVA DE OLIVEIRA

A Todas as Musas surgiu no universo editorial on-line em Julho de 2009, com a publicação do primeiro número da sua revista acadêmica. Mantendo rigorosamente os seus níveis de qualidade e periodicidade, essa publicação chegou, em fevereiro de 2011, ao seu quarto número, tendo sido já avaliada pela CAPES como B2 (excelente qualificação para uma revista independente).

A partir de 2010, a revista começou a ser impressa e a editora iniciou seus trabalhos no sistema de impressão sob demanda.

Comentários
0 comentários