Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
INFILTRAÇÕES
Acupuntura Literária
Categorias
Filosofia, Poesia, Esoterismo
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 5348 vezes desde 05/11/2012
Versão
impressa
R$ 37,71
Acabamento
Valor total:
R$ 37,71
Versão
ebook
R$ 24,75
Disponível em:
epub
Valor total:
R$ 37,71
Este livro pode estar à venda na:
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Aqui, na escrita do Pedro ( nesse momento da sua

escrita ) está / esteve em jogo sua vida. Está em jogo

a trajetória do Planeta, os passos de tartaruga da Humanidade. Como em todo grande poeta. Como em toda grande poesia. E como em todo poema que carrega um potencial de poesia. E esses poemas carregam. Como Rilke. Como Blake. Como Piva. Como Garcia Lorca.

Um conglomerado de forças. Feitiço contra a fragilidade do Mundo: o Ego. Cada poema aqui é como um composto de energia, um quantum, um pacote de energia direcionado à consciência do Ser, à consciência do Planeta, ao caroço das coisas: você, leitor, você...

sempre você.

Ou seja: na medida em que esses poemas do Pedro têm extensão em sua vida; na medida em que o Pedro é alguém que é verdadeiramente um poeta, alguém que tá interessado em FAZER ( poiésis ) POESIA e não só escrever poemas, vocês podem ter certeza que esses poemas hoje concretos e condensados à sua frente já foram uma experiência primeira de grandiosidade abstrata ( outra dimensão ) e hoje não são quase nada do que foram, quase nada.

O que eu digo é: elas não começaram no papel, na escrita, numa viagem via linguagem, como no poeta tradicional, que só conhece esse dimensão da poesia

( ou ainda a dimensão do intoxicar-se até morrer

com drogas, bebida, sexo, rock´n´roll na velhíssima

e conhecida Trindade, Santíssima Trindade dessa Sociedade ).

Começaram numa viagem de percepção, sensorial.

Como na meditação, na oração, no transe, na Alegria. Esses poemas são a sobra duma anterior orgia sensorial

( poesia ) à qual o Pedro se submeteu naquele dado momento, naquela dada noite, naquele dado dia. E se submeteu não necessariamente pra escrever poemas, mas pra melhorar como ser humano; é um projeto de vida; & se ele foi generoso em nos revelar esses poemas, devemos é ser gratos à ele, como à todo grande poeta, nós devemos ser gratos.

Então, ele é poeta...ele faz poesia muito antes de escrever poemas. Mas como grande poeta que é ( é sempre bom lembrar ), não é negligente no trato com as palavras;

ele sabe ser um intelectual quando é preciso ser, tem consciência de Linguagem pra poder significar bem sua poesia, a poesia da sua Consciência.

- trecho do posfácio escrito pelo poeta-escritor Paulo Rafael de Aguiar Godói

Características
ISBN 978-65-000-1607-9
Número de páginas 165
Edição 1 (2012)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 34,90
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 33,11
Ebook
R$ 18,30
Impresso
R$ 36,88
Ebook
R$ 17,22
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 35,36
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 44,06
Ebook
R$ 27,98
Impresso
R$ 45,50
Ebook
R$ 12,49
Impresso
R$ 51,35
Ebook
R$ 24,75
Impresso
R$ 45,48
Ebook
R$ 20,45
Impresso
R$ 50,41
Ebook
R$ 19,37
Impresso
R$ 36,11
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 36,62
Ebook
R$ 12,35
Comentários
0 comentários