Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
JARDINS DE HISTÓRIAS
Incompletudes
Categorias
Literatura Nacional, Ficção e Romance
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 292 vezes desde 06/12/2018
Versão
impressa
R$ 72,08
Valor total:
R$ 72,08
Versão
ebook
R$ 33,37
Disponível em:
epub
Valor total:
R$ 72,08
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Texto em que o autor compila várias tentativas de romance. Inicia, mas não conclui nada. Ele apenas propõe, estimula, traça rumos. Semelhante a mudas de plantas que as pessoas compram e depois desenvolvem trechos de jardim ou jardins completos. Essa é a razão do título. A semelhança também ocorre com a vida das pessoas, que não chegam a realizar todas as propostas, porque, de uma hora para a outra, somem do convívio das demais pessoas porque morrem. A realidade é, pois, de incompletude. A imaginação é mais proposta do que conferida, porque, na incompletude, cada um imagina no terreno que foi semeado aquilo que a ficção pode determinar. O próprio autor é da opinião de que a realidade é mais pobre do que a ficção, porque a realidade é una, a ficção é absolutamente múltipla.

Características
Número de páginas 346
Edição 1 (2018)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Claudionor Aparecido Ritondale

Escritor, músico, crítico de arte, professor de Português, Filosofia e Sociologia, tem 58 livros publicados e alguns prêmios literários. Tem 62 anos, é casado, mora em São Paulo e tem uma filha. Adora cães, tem dois da raça cocker spaniel inglês. Curte ler, escrever, acompanhar alguns esportes, aprecia vinhos e alguns pratos de culinárias típicas. Traduz vários textos porque tem conhecimento de italiano, inglês, espanhol e francês. Gosta de conversar, ver filmes e alguns programas de televisão, além de ouvir muito rádio. Odeia trânsitos e tem reservas quanto a viagens (aprecia apenas as que têm alguma perspectiva cultural envolvida). Faz revisões de textos, ministra alguns cursos de escrita criativa, dá assessoria para escritores novos e tenta fazer alguns outros "bicos". Busca ser bem-humorado e adora corresponder-se e conhecer outros mundos interiores. Poesia e prosa são ambas áreas de seu interesse e de algum domínio, exceto ainda grandes fôlegos (como o romance, algumas vezes tentado, mas ainda não alcançado). Já virou Mestre em Língua Portuguesa e concebeu uma dissertação. Gosta de compor textos não ficcionais e publica artigos e crônicas na Internet, que vê como um dos mais instigantes modos de aprender de nosso tempo complexo e fascinante. As artes sempre o empolgaram, tendo já praticado ou estudado várias delas - teatro, dança, literatura, pintura, música, arquitetura - e se aproximado de outras - muito do cinema, menos da escultura. Praticou já um pouco de histórias em quadrinhos e um pouco de criação gráfica em computador. Recebeu uma distinção, o prêmio Quality Gold 2015, da Sociedade Brasileira de Educação e Integração, representante brasileira da International Quality, pelos serviços prestados à educação.

Claudionor A. Ritondale: www.ritondale.com.br

Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Comentários
0 comentários