MARX Estado, Direito e Ideologia
Código do livro: 327797
Categorias
Didáticos, Não Ficção
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 782 vezes desde 09/06/2020
Versão
impressa
R$ 38,06
Acabamento
Valor total:
R$ 38,06
Versão
ebook
R$ 19,80
Disponível em:
epub
Valor total:
R$ 38,06
Este livro pode estar à venda na:
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

O presente estudo pretende elaborar um recorte teórico - meramente bibliográfico - enfocando as contribuições sociológicas engendradas pelo cientista social clássico Karl Marx (1818-1883), - sem abstenção notadamente, das contribuições propostas por outros teóricos e intérpretes - com relação ao papel que o dito “Ordenamento Jurídico” (leia-se: Direito e Estado), vem desempenhando na sociedade. Não obstante a recorrente discussão acerca de suas funções, esses dois institutos retro citados, sob o viés sociológico, são comumente relacionados como mecanismos de controle coletivo e manutenção da atual ordem social instalada. Hodiernamente, o Direito é uma instituição consolidada, e querendo ou não - assim como qualquer outra, operada por homens -, é eivada de imperfectibilidades. Independentemente disso, é unânime, a sua relevância como um instrumento indispensável para regramento da vida social, por meio da utilização coercitiva das leis, com vistas a efetivação da justiça, quando aquelas primeiras são violadas. Com o protrair do tempo, tanto o Direito como o Estado, tomaram uma dimensão universal, secular e transcendental, passando a serem alvos de constantes questionamentos, e em certa medida, até “desnaturalizado”, pois, costuma-se cogitar que suas (re)estruturações, teriam como intento subsidiário, diversas outras finalidades. Nessa linha de pensamento, insurgem outras lentes teóricas, que só foram reveladas, após terem sido, exaustivamente; analisadas por alguns precursores da Sociologia, do qual destaca-se, o dito “pai” do Socialismo Científico: o alemão Karl Marx. O referido autor procurou esmiuçar, em sua vasta produção bibliográfica, tudo aquilo que fosse manipulado e utilizado como instrumento da manutenção de domínio da classe burguesa. Assim, Marx, como o mais profundo teórico sobre o fenômeno do capitalismo, acabou classificando o Direito e o Estado, dentre outros; como superestrutura ideológica, tendo como base o determinismo econômico, ou seja, a manutenção da vida material. Para reversão desse quadro, cogita-se que Marx, ao defender a extinção do “Estado Capitalista” e, por conseguinte, do “Direito Burguês”; estaria sugerindo uma possível efetivação do chamado “Direito Socialista Proletário”, entrelaçado ao estágio superior de sua teoria, com a criação do Estado Comunista, por intermédio da instalação da chamada Ditadura do Proletariado. Assim sendo, ficaria possível a integral supressão do direito e do Estado, nessa nova sociedade vislumbrada pelo alemão? Quais os elementos imprescindíveis para se efetivar essa possível “utopia marxiana”?

Características
ISBN 978-65-871-2806-1
Número de páginas 111
Edição 1 (2020)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

Fale com o autor
SAULO BARRETO LIMA FERNANDES

SAULO BARRETO Lima Fernandes é natural de Teresina/PI tendo nascido em maio do ano de 1983. De hábitos simples gosta de correr, assistir documentários, ouvir música clássica barroca e aprecia uma boa macarronada à carbonara. Reside, atualmente, na ilha de São Luís no Maranhão onde bacharelou-se em Direito, pela Universidade CEUMA, tendo sido aprovado no XXI Exame de Ordem. Anos depois, torna-se também, Bacharel e Licenciado em Ciências Sociais (Antropologia, Sociologia e Ciência Política) pela Universidade Estadual do Maranhão – UEMA e Técnico em Transações Imobiliárias – TTI pela CENFORP/MA. Concluiu, ainda, presencialmente, em 2018, o Curso Cristão RHEMA - Centro de Treinamento Bíblico (2 anos). Amante do conhecimento e cônscio de que nada sabe, cursa atualmente o 3° período do curso de História na Universidade Federal do Maranhão – UFMA. Iniciou sua vida pública estagiando e trabalhando na Secretaria Municipal de Educação de São Luís - SEMED e hoje atua fazendo parte do quadro público federal do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE. Recentemente, alguns de seus livros foram aceitos para compor o acervo da Biblioteca Nacional de Portugal, além de ser um dos agraciados com a “Medalha 180 anos Brigadeiro Tibúrcio”. Saulo já configurou como organizador, autor e coautor em mais de uma dezena de obras. 1° Secretário da Sociedade de Cultura Latina do Maranhão - SCL/MA, atualmente é um dos grandes estudiosos e responsáveis pelo resgate e reedições das obras de seu mais ilustre consanguíneo - o poeta crateuense José Coriolano (1829 - 1869). No prelo, organiza e comenta um livro de prosa com mais 6 poesias inéditas do referido poeta.

Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

2 comentários
Renata Shuctz
Quinta | 29.10.2020 às 11h10
Excelente livro, essencial para quem quer saber mais sobre o tema! Muito bem escrito.
Carlos
Domingo | 06.09.2020 às 10h09
Muito bom. Recomendo!