Minhas Páginas Matinais: Crônicas da Síndrome de Burnout
Código do livro: 339825
Categorias
Aconselhamento, Filosofia E Aspectos Sociais, Biografia e Testemunho, Desenvolvimento Humano, Não Ficção, Desenvolvimento Profissional
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 634 vezes desde 08/02/2021
Versão
impressa
R$ 41,51
Valor total:
R$ 41,51
Versão
ebook
R$ 21,96
Disponível em:
epub
Valor total:
R$ 41,51
Este livro pode estar à venda na:
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Entre os mais vendidos na categoria Gestão do Tempo e já vendido em mais de 10 países.

24 meses: esse é o tempo médio esperado para uma reabilitação completa do esgotamento causado pela Síndrome de Burnout, uma preocupação crescente em todo o mundo.

Em Minhas Páginas Matinais: Crônicas da Síndrome de Burnout, Carol Miltersteiner documenta sua jornada de dois anos enfrentando a Burnout e os efeitos do estresse crônico em sua saúde mental e física.

Um retrato honesto de sua personalidade overachiever e do impacto que teve em sua vida, essas páginas fornecem uma visão geral da experiência de se chegar ao fundo do poço e emergir de volta, radicalmente diferente.

O livro é uma coleção dos escritos sem filtro da autora seguindo o exercício "Páginas Matinais", que ficou famoso através da artista multitalentosa Julia Cameron.

Minhas Páginas Matinais pode mudar sua percepção de sucesso e aumentar a esperança de que há formas melhores e mais saudáveis de vivermos as nossas vidas.

Características
ISBN 978-65-000-9395-7
Número de páginas 204
Edição 1 (2020)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 90g

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

Carol Miltersteiner

Escritora, autora do livro "Minhas Páginas Matinais: Crônicas da Síndrome de Burnout" e idealizadora da Semana Mundial de Conscientização da Burnout.

Nascida em Porto Alegre e morando na Holanda, Carol Miltersteiner fala, escreve e estude a saúde mental na nossa relação com o trabalho e o poder da escrita como terapia.

Em 2020, lançou seu primeiro livro, "Minhas Páginas Matinais", uma coletânea de crônicas sobre sua experiência com a ansiedade, depressão e pânico causados pela Burnout, o esgotamento físico e emocional decorrentes do excesso de stress no trabalho.

O livro já foi vendido em mais de 10 países, em inglês e português.

Seu propósito é ampliar a conscientização sobre a saúde mental no trabalho e a síndrome de Burnout, compartilhando a cura que existe através da palavra escrita e falada.

Site oficial: carolmilters.com

Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

5 comentários
Maria Inês Dallegrave Cavalli
Quinta | 11.03.2021 às 00h03
Uma obra magnífica que só foi possível ser gestada e nascer graças a coragem da autora, que ao mergulhar profundamente em suas angústias e questionamentos compartilha aqui sua experiência e nos presenteia com importantes reflexões, necessários saberes e novos olhares. Verdade, amor e autocompaixão dão sustentação a essa história que é capaz de nos fazer chorar e sorrir ao mesmo tempo, onde a dor e a beleza se misturam. Quantas lições... Ao ler as linhas e também as entrelinhas desse livro, despertou o melhor de mim- dentro da minha humanidade- uma vez que a autora, com toda sua amorosidade, nos leva a percorrer caminhos inimagináveis. Revisitei tantos lugares, tantas vivências... A obra abraça questões fundamentais dentro do tema e ilumina com lucidez e cuidado as travessias que a vida nos apresenta. Uma história que nos nutre de esperança. Gratidão!
Aline Miltersteiner
Sexta | 26.02.2021 às 13h02
Excelente a experiência de compra do livro pelo Clube de Autores. Qualidade e velocidade na entrega. Parabéns à autora e à equipe!
ENIO DOS SANTOS MILTERSTEINER
Terça | 09.02.2021 às 10h02
De origem inglesa, a palavra burnout pode ser traduzida como “queimar-se por completo”. O termo foi criado pelo psicanalista alemão Herbert Freudenberger (1926-1999) em 1974. Nessa época, ele trabalhava 12 horas por dia e, à noite, chegava a atender até dez usuários de drogas por hora numa clínica para dependentes químicos. Vítima de esgotamento físico e mental, caiu de cama. Essa é apenas uma das consequências do esgotamento físico e mental promovido pela incessante luta moderna de "atingir objetivos". O livro é um relato pessoal e essencial para quem quer entender um pouco mais dessa nova "síndrome mundial". Altamente recomendado para quem está no início, no meio ou completamente atingido por essa praga dos dias atuais. Ajuda a entender, aceitar e promove idéias no sentido evitá-la.
Aline Miltersteiner
Terça | 09.02.2021 às 10h02
Leitura essencial no atual momento, pois ajudará quem lê a perceber vários aspectos na vida pessoal e profissional que podem apontar a um provável Burnout. E com essas informações poder fazer movimentos no sentido de evitá-lo, auxiliar alguém que está na iminência de desenvolvê-lo ou em último caso, procurar ajuda e tratamento. A escritora conseguiu produzir um texto que prende o leitor até o fim. Esperando o próximo livro.
Franciele Legnaghi
Terça | 09.02.2021 às 10h02
O livro é um bálsamo para a inquietude da mente de quem sofre estresse no trabalho e síndrome de Burnout. A leitura é leve e o conteúdo agregador. Recomendo. Fran Legnaghi - Psicóloga Clínica.