Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
No sangue Nordeste, no sobrenome Brasil
Categorias
Poesia, Literatura Nacional, Crítica Literária
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 31 vezes desde 20/10/2020
Versão
impressa
R$ 61,13
Valor total:
R$ 61,13
Valor total:
R$ 61,13
Sinopse

Dividido em “A OBRA” e a “A POESIA”, o livro trata sobre a beleza da existência dos corpos paraibanos e suas manifestações. É muito mais que uma família de retirantes, é sobre a identidade de um povo e sua história de resistência. É o resgate do sagrado feminino, do orgulho à cultura e a apaixonante vontade de viver.

Características
Número de páginas 104
Edição 1 (2020)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Colorido
Tipo de papel Offset 90g
Fale com o autor
Kelvin Valentim

Mulher preta, transexual, invisibilizada e vitoriosa que, enganada sobre sua própria orientação sexual e perseguida por ser quem é, cantou à morte o seu preço, mas negou a proposta do leilão. Linda, plena e próspera, dedica sua vida na transformação de outras pessoas.

Bailarina, escritora e compositora unicamente pelo dom que aflorava, sua facilidade diante às artes lhe proporcionaram sucesso em diversas áreas. Senhora de si e guerreira pelas causas que militava cotidianamente, está sempre disposta a crescer e encantar o mundo simplesmente pelo o que é.

NO DESCARTE DO BARALHO, SOU A CARTA NEGRA DE UMA DAMA DE PAUS.

Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Comentários
0 comentários