Por que a cabeça da gente não para de pensar?
Categorias
Literatura Nacional, Literatura Infanto Juvenil, Didáticos
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 799 vezes desde 27/08/2018
Versão
impressa
R$ 39,41
Valor total:
R$ 39,41
Versão
ebook
R$ 17,22
Disponível em:
epub
Valor total:
R$ 39,41
Este livro pode estar à venda na:
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

A jovem mãe Neneca, busca uma nova vida na terra da garoa, que a recebe debaixo de um viaduto por moradores de rua. Junto a isso, os dois (Neneca e seu filho), devem superar as necessidades impostas por tais condições, apropriando-se das circunstâncias oferecidas pelo destino. Assim, o Estado, através dos seus mecanismos oficiais, separa os dois personagens, direcionando cada um para o recolhimento, de acordo com as suas respectivas faixas etárias. Posteriormente, com o reencontro, passam a dividir o mesmo teto em uma comunidade da periferia.

O livro é ambientado nas comunidades de periferias de grandes centros, com os personagens atuando nos centros nervosos daquelas metrópoles. Num contexto de abandono social, os personagens, na busca incessante pela sobrevivência, encontram respostas na conhecida "informalidade das atividades econômicas" e marginais.

Características
ISBN 978-85-540965-0-2
Número de páginas 102
Edição 1 (2018)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Jorge Maciel de Andrade

Nascido em 23 de janeiro de 1953 em São Paulo/SP, Jorge Maciel de Andrade conta com licenciatura e bacharelado em Ciências Sociais pela Fundação Santo André. Desenvolveu diversos trabalhos comunitários, tendo recebido o III Prêmio do Instituto Sou da Paz no ano de 2006 no quesito redução de danos. Fundador da A.E.P.P. (Associação de Estudos Psicossociais e Pedagógicos - Projeto Cururu), onde continuou desenvolvendo um trabalho direcionado à redução de danos nas comunidades. Delegado do movimento "democracia nos meios de comunicação" - fundador da rádio Zumbi - 96.5 F.M.- Cidade de Santo André – (uma das dez rádios padrão de rádio comunitária), além de ter sido Presidente regional do A.B.C.D. pelo sindicato da sua categoria por duas legislaturas. E atualmente exerce a função de articulista de diversos jornais de várias entidades, trabalhando também como palestrante em escolas, empresas, centros culturais, dentre outros.

Comentários
0 comentários