Todas as Musas Ano 02 Número 01
Revista de Literatura e das Múltiplas Linguagens da Arte (Dossiê: Arte e História)
Categorias
Artes, Geografia E Historia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 16840 vezes desde 05/01/2011
Versão
impressa
R$ 38,71
Valor total:
R$ 38,71
Valor total:
R$ 38,71
Sinopse

Para esse número de Todas as Musas, foi proposta a discussão "Literatura e Artes baseadas em episódios históricos".

É com prazer e orgulho que trazemos aos leitores textos de professores de Literatura e de História, sobre romances consagrados, mas também sobre obras ainda pouco estudadas.

Nossos autores foram ainda na direção dos estudos das artes visuais e do cinema. O leitor encontrará aqui argutas análises de filmes e pinturas, provocando uma nova percepção sobre as obras artísticas em questão.

Contribuições magistrais são parte de nossa seção de artigos abertos, com temas que vão desde o clássico Ovídio, até a dramaturgia contemporânea da portuguesa Julia Nery, passando pelas obras de Dante, Eça de Queiros e William Blake.

Os novos pesquisadores estão bem representados pelos artigos da seção de Iniciação Científica.

A seção de resenhas traz comentários e sugestões sobre obras de extrema relevância, inclusive sobre o tema proposto para o número.

Enfim, as discussões provocadas pela união das palavras “arte” e “história” são intermináveis. Provas da atualidade, assim como da utilidade, dessas polêmicas estão vertidas nos artigos desse volume.

Talvez possamos dizer que historiadores e escritores diferenciem-se por seus métodos, mas não por seus objetivos.

Convidamos todos para uma boa leitura, lembrando que estamos abertos a sugestões, reclamações e debates pelo nosso endereço eletrônico.

Os Editores.

Características
Número de páginas 265
Edição 1 (2010)
Formato A5 (148x210)
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Flavio Botton e Fernanda Verdasca Botton (editores)

A Todas as Musas surgiu no universo editorial on-line em Julho de 2009, com a publicação do primeiro número da sua revista acadêmica. Mantendo rigorosamente os seus níveis de qualidade e periodicidade, essa publicação chegou, em fevereiro de 2011, ao seu quarto número, tendo sido já avaliada pela CAPES como B2 (excelente qualificação para uma revista independente).

A partir de 2010, a revista começou a ser impressa e a editora iniciou seus trabalhos no sistema de impressão sob demanda.

Comentários
0 comentários