Todas as Musas Ano 07 - Número 02
Revista de Literatura e das Múltiplas Linguagens da Arte
Categorias
Artes, Crítica Literária, Didáticos
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 5755 vezes desde 03/02/2016
Versão
impressa
R$ 38,02
Valor total:
R$ 38,02
Valor total:
R$ 38,02
Sinopse

Editorial

Para o seu décimo quarto volume, a Todas as Musas lançou a proposta de dossiê tratando da escrita feminina.

Inicialmente, pensou-se nas discussões do que poderia ser característico do ato de criação literária e artística realizado pela mulher. Porém, aos poucos e com a chegada dos trabalhos das pesquisadoras e dos pesquisadores, fomos ampliando essa visão e nos encontrando diante da análise de obras de artistas mulheres sem essa preocupação de generalizar ou discutir a particularidade de produções tão díspares quanto Florbela Espanca e Alison Bechdel.

A experiência de propor um dossiê é produtiva quando se revê o tema inicial, dando liberdade aos pesquisadores para que mostrem as suas especialidades.

Os artigos da seção aberta trazem mais uma vez grandes contribuições no estudo dos autores consagrados como Almeida Garret, mas também com outros ainda pouco conhecidos do grande público e que devem, nos próximos anos, inspirar muitas pesquisas de alto nível.

A seção de resenhas traz excelentes dicas de leitura para os pesquisadores, para professores e para os interessados em literatura.

Convidamos todos para uma boa leitura, lembrando que estamos abertos a sugestões, reclamações e debates pelo nosso endereço eletrônico.

Os Editores.

Características
Número de páginas 249
Edição 1 (2016)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Flavio Botton e Fernanda Verdasca Botton (editores)

A Todas as Musas surgiu no universo editorial on-line em Julho de 2009, com a publicação do primeiro número da sua revista acadêmica. Mantendo rigorosamente os seus níveis de qualidade e periodicidade, essa publicação chegou, em fevereiro de 2011, ao seu quarto número, tendo sido já avaliada pela CAPES como B2 (excelente qualificação para uma revista independente).

A partir de 2010, a revista começou a ser impressa e a editora iniciou seus trabalhos no sistema de impressão sob demanda.

Comentários
0 comentários