Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
Um Filho de Deus
Categorias
Diversos, Espiritualidade, Autoajuda
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 3064 vezes desde 23/04/2013
Versão
ebook
R$ 14,53
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 14,53
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

A presente obra é composta por quatro contos espiritualistas. O primeiro deles: “Um filho de Deus” trata da história de um negro que foi deixado pela mãe e criado por uma tia numa favela e se transformou num grande escritor e sua peça: “Três vidas, três destinos” fez sucesso no mundo inteiro; muito interessante uma história dentro de outra história.

O segundo: “A casa da janela quebrada”, conta a trajetória de Mathias que precisa conduzir um povo comprometido com o passado para encaminhá-los para um planeta fictício, governado pela Virgem Santíssima e lá receber os ensinamentos para poder habitar a nova morada.

O terceiro: “Cruel desengano”, conta a história de Esmeralda e Frederico, alma gêmea um do outro, e por ciúmes doentios vêm a se separar e depois de muitas provações se unem novamente.

O quarto: Dhaila, conta a história de uma mulher sofre maus-tratos do marido e vê o filho também ser espancado, para libertar o filho dá uma facadas no marido e foge. Encontra um homem e ela pensa que vai poder contar com ele e ter uma vida melhor, mas ele faz um filho nela e desaparece. Depois de dissabores e muita luta para sobreviver com dois filhos, Dhaila volta para o marido agora regenerado e passam a viver uma vida confortável e tranquila.

O conjunto prende o leitor do início ao fim de cada conto, portanto, recomento com louvor.

Características
Número de páginas 117
Edição 2 (2013)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Inês Clara da Silva

Sou um ser simples, mas não acomodada, vou à luta, não gosto da palavra "obstáculo", amo transpor montanhas para alcançar meus objetivos, sem que para isso prejudique ninguém; respeito a dignidade da pessoa humana que existe em cada um. Sou mãe solteira e adoro o meu maior tesouro que é minha filha; alma de min'alma. Este semestre está se formando em Engenheira Química pela UFRJ. Eu sou formada em Letras e estou fazendo a segunda faculdade de Direito. Já tenho um conto publicado "O homem anônimo", no ano de 2000, organizado por Arnaldo Giraldo - São Paulo.

Possuo um blog destinado a divulgação do livro "Um Filho de Deus". www.inesclaradasilva.blogspot.com.

No you tube: http://youtu.be/SnYywQQTNiE

Nas redes sociais:

facebook e agora no GOOGLE+

http://oglobo.globo.com/rio/carioca-tem-vida-transformada-gracas-ao-amor-pelos-estudos-8330489

http://extra.globo.com/noticias/rio/carioca-tem-vida-transformada-gracas-ao-amor-pelos-estudos-8330414.html#ixzz2Sjuans5d

Obrigada.

Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Comentários
5 comentários
Inês Clara
Terça | 22.10.2013 às 19h10
Na hora do sono tanto poderemos ver coisas do passado, futuro ou presente, mas o importante é orar par atrair sempre bons fluidos, para quando acordarmos nos lembremos de coisas boas, suaves, serenas.
Inês Clara
Quinta | 09.05.2013 às 17h05
http://oglobo.globo.com/rio/carioca-tem-vida-transformada-gracas-ao-amor-pelos-estudos-8330489 A matéria também saiu no Globo on line de 08/05/2013
Inês Clara
Quarta | 08.05.2013 às 19h05
Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/rio/carioca-tem-vida-transformada-gracas-ao-amor-pelos-estudos-8330414.html#ixzz2Sjuans5d
Emanuel
Quarta | 24.04.2013 às 20h04
Fiquei muito feliz com seu comentário. Vou te encontrar e ler o seu texto. Bjuss
emanuel prado
Quarta | 24.04.2013 às 09h04
primeiro gostaria de parabenizar pela sua disposição em escrever e pela sua obra. se você quer saber como escrever um romance, agora tem um livro completo "como escrever um romance" aqui no clube de autores. veja pelo nome do autor Emanuel prado. um grande abraço.