Um pouquinho mais de mim
Categorias
Filosofia, Mensagens, Psicologia, Psicologia Social, Ética E Filosofia Moral
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 3541 vezes desde 08/02/2015
Versão
impressa
R$ 30,10
Valor total:
R$ 30,10
Versão
ebook
R$ 11,84
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 30,10
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Os anos passam rápido demais, e o tempo deixa marcas indeléveis em nossa alma...!

Os fatos que vão acontecendo em nossa vida, influem, e muito, na nossa maneira de pensar e ver as coisas...! Com o passar do tempo, de um modo bem mais amplo, conseguimos visualizar tudo com mais clareza, precisão e profundidade...!

Com o passar dos anos, bem maior é a maturidade, e esta, nos transporta para mais perto da realidade do que dos sonhos... Estes se baseiam agora, em possibilidades de realização...!

Ontem, eu tinha sonhos possíveis e impossíveis, pois achava que todos, com certeza, seriam realizados...! Hoje sonho com os dois pés no chão...!

Espero que meus leitores apreciem este novo livro, compreendam e gostem das mensagens nele contidas, a fim de que este meu partilhar, seja realmente útil e prazeroso a todos.

Características
Número de páginas 111
Edição 1 (2015)
Formato A5 (148x210)
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 30,10
Ebook
R$ 12,45
Impresso
R$ 26,95
Ebook
R$ 11,84
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 35,36
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 44,06
Ebook
R$ 27,98
Impresso
R$ 45,50
Ebook
R$ 12,49
Impresso
R$ 51,35
Ebook
R$ 24,75
Impresso
R$ 45,48
Ebook
R$ 20,45
Impresso
R$ 50,41
Ebook
R$ 19,37
Impresso
R$ 36,11
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 36,62
Ebook
R$ 12,35
Comentários
1 comentários
Valdon Nez
Segunda | 30.03.2015 às 09h03
O tempo nos dá esse bojo; o bojo da realidade; essa realidade que de fato se apresenta e que nos diz que os sonhos são possíveis, mas que tirar os pés do chão é preciso; é preciso visualizar melhor o mundo para assim nos posicionarmos melhor no meio social. Penso questões parecidas no meu livro "Rotas indefinidas". abraços