Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
A Ideologia do erro
Adventistas do sétimo dia
Categorias
Ciências da Religião, Seitas e Heresias, Teologia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 3815 vezes desde 22/07/2014
Versão
ebook
R$ 14,53
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 14,53
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Não podemos pensar na origem dos “sabatistas” sem recordar os conflitos entre o apóstolo Paulo e os judaizantes de sua época. A luta entre o legalismo e o evangelho da graça de Deus é muito antiga. Continua em tempos modernos no vigoroso programa dos adventistas do sétimo dia. O sabatismo não é uma seita como, muita gente pensa: “Uma denominação igual a outras, com a única diferença de guardar o sábado”. É uma seita perigosa! Que mistura muitas verdades bíblicas com erros crassos no que se refere às doutrinas cristãs ou interpretações de profecias. Entretanto, vamos abordar apenas alguns temas – Os principais.

Existem aproximadamente umas dez contradições gritantes dessa seita com as verdades Bíblicas vista pelos olhos teológicos. Tornar-se-ia uma leitura por demais cansativa discorrer por todos esses temas, entretanto se o leitor quiser saber mais sobre esses temas me envie um E-mail.

Características
Número de páginas 239
Edição 1 (2014)
Formato A4 (210x297)
Acabamento Brochura
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Ademilson F. Silva

Formado por três faculdades de teologia sendo uma Batista, outra quadrangular e a terceira da Assembleia de Deus, Historiador pela Universidade Bandeirantes de São Paulo - UNIBAN.

Por quinze anos exerceu o pastorado em algumas igrejas, entre elas a Assembleia de Deus - Belém.

Depois de muito estudar a Bíblia lendo-a inteira por nove vezes buscando a coerência dos fatos tanto históricos, geológicos como arqueológicos se achou em uma situação de descredibilidade expectável onde a coerência dos fatos já não era tão coerente assim, onde a ablepsia da crença era tão prejudicial quanto no momento a descrença; como dizia os mais antigos: "O remédio está sendo pior do que a doença".

Foi onde em um desbravamento do conhecimento sob uma progressão intelectual o autor se descobriu ateu sem nenhuma perspectiva de retorno, como já disse Albert Einstein: "A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original".Esse livro já havia sido escrito quando esse fatos teve o seu desenrolar, entretanto o autor teve uma necessidade literária de expô-lo.

para todo e qualquer contato não se faça de rogado, mande sua mensagem para:

[email protected]

Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 40,28
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 33,83
Ebook
R$ 15,07
Impresso
R$ 49,71
Ebook
R$ 27,98
Impresso
R$ 40,94
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 35,06
Ebook
R$ 16,14
Impresso
R$ 38,88
Ebook
R$ 15,07
Impresso
R$ 46,11
Ebook
R$ 21,42
Impresso
R$ 40,61
Ebook
R$ 22,60
Impresso
R$ 31,39
Ebook
R$ 15,07
Comentários
1 comentários
Jônatas Rocha
Sexta | 22.05.2015 às 02h05
É irônico que o autor desse livro cite Albert Einstein como se esse cientista compactuasse com o raciocínio ateu. Seria uma incongruência, já que é dele o pensamento: "Cada descoberta nova da ciência é uma porta nova pela qual encontro mais uma vez Deus, o autor dela".