Amor, ‘bipolaridade’ e Luta Antimanicomial
parece antogonismo, mas é possível
Categorias
Memórias Pessoais, Histórico, Cientistas Sociais E Psicólogos, Biografia e Testemunho, Biografia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 485 vezes desde 27/09/2019
Versão
impressa
R$ 40,67
Valor total:
R$ 40,67
Versão
ebook
R$ 31,21
Disponível em:
epub
Valor total:
R$ 40,67
Este livro pode estar à venda na:
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Por Robert Filipe Dos Passos

[...]Talvez, dentre as infinitas criações que encontramos nas obras de Roque JR, aquela que mais me chama a atenção é a que ele denomina Terapia Ocupacional Literária - TOL. Fazer do ofício literário uma ocupação terapêutica é um excelente exemplo de como podemos encarar a vida como um grande e permanente processo de cuidado de si e dos outros.

Esta obra é composta por histórias vividas, pensamentos construídos, informações importantíssimas a serem compartilhadas e multiplicadas. Este livro narra encontros de Roque JR com a vida, e a leitura destas narrativas nos oferece a oportunidade de aproveitarmos um pouco da potência destes encontros.

[...]Ao ler o Roque JR, vamos aos poucos nos dando conta de que lê-lo é também vivenciar a Terapia Ocupacional Literária, este é o presente do autor para seus leitores. Que possamos fazer jus à grandeza desta oferta do autor a cada um de nós. Que possamos, assim como o autor, fazer da leitura processo terapêutico da/para a vida.

Viva a literatura! Viva a luta antimanicomial! Viva a vida que vale a pena ser vivida!

Características
ISBN 978-85-923-4379-8
Número de páginas 104
Edição 1 (2019)
Formato Pocket (105x148)
Acabamento Brochura s/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Roque JR

Roque JR publica obras desde 1999, mais de trinta livros publicados, destaca em seus textos a "bipolaridade", Saúde Mental, Luta Antimanicomial, Exército Brasileiro, seu casamento com Martha Santos, entre outros temas. Conheça mais detalhes no www.RoqueJR.com.br Desde seus 10, 12 anos de idade escrevia cartas, ao ingressar na Faculdade de História(UCS) confirmou a importância de guardar os “documentos históricos”.

Trocou o curso de graduação para Sociologia, atualmente está com as duas matrículas trancadas(História e Sociologia), ambas com mais de metade cursadas.

Trabalhou como repórter fotográfico por mais de duas décadas em diversos meios de comunicação, entre eles, com imagens(e textos) publicadas no Zero Hora, Correio do Povo, Pioneiro e de outros municípios, em especial vários jornais(já extintos) e a Rádio Miriam de Farroupilha-RS, onde por algum tempo foi o produtor executivo.

Fotografia de sua autoria, publicada em julho de 2007, capa de página inteira do jornal A Classe Operária que circulou o Brasil e exterior. Entre outras áreas da fotografia.

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Comentários
0 comentários