DO DIREITO AO NOME DO PAI
Categorias
Ciências Humanas E Sociais, Educação
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 4673 vezes desde 05/01/2011
Versão
impressa
R$ 49,77
Valor total:
R$ 49,77
Valor total:
R$ 49,77
Sinopse

É injusto que a criança, por vários anos, ou por uma vida inteira, use o nome de família da mãe,sem entender, muita vez, o porquê de não possuir o nome paterno na sua certidão de nascimento. Se a mãe, ao dirigir-se ao cartório para registrar a criança, indicasse o nome do pai para que este fosse compelido a registrar a criança, uma vez intimado pelo próprio cartório, provavelmente, muitos aproveitariam à oportunidade apresentada e com isso evitaríamos tantos processos e muitos anos de injustiça.

A mãe tem o direito de comandar sua vida como quiser; Relacionar-se com quem desejar. Porém não pode negligenciar ao direito do filho, ao nascer, registrando-o tão somente com o seu nome, negando-lhe ao direito do nome paterno, por motivos particulares, por sentimentos menores como medo ou vingança. O nome é direito personalíssimo, contém a história de cada pessoa.

Características
Número de páginas 66
Edição 1 (2009)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Comentários
1 comentários
Jessica Morgan
Quinta | 04.04.2013 às 22h04
Olá! Me interessei muito pelo livro! Irei ler assim que possível e recomendar! Sou Jéssica Morgan e é muito bom darmos força uns pros outros. Também tenho um livro aqui pelo site. http://clubedeautores.com.br/book/142469--Medo_da_Verdade Visite também minha pagina e recomende! Obrigada!