Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
DO DIREITO AO NOME DO PAI
Categorias
Ciências Humanas E Sociais, Educação
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 4743 vezes desde 05/01/2011
Versão
impressa
R$ 49,77
Valor total:
R$ 49,77
Valor total:
R$ 49,77
Sinopse

É injusto que a criança, por vários anos, ou por uma vida inteira, use o nome de família da mãe,sem entender, muita vez, o porquê de não possuir o nome paterno na sua certidão de nascimento. Se a mãe, ao dirigir-se ao cartório para registrar a criança, indicasse o nome do pai para que este fosse compelido a registrar a criança, uma vez intimado pelo próprio cartório, provavelmente, muitos aproveitariam à oportunidade apresentada e com isso evitaríamos tantos processos e muitos anos de injustiça.

A mãe tem o direito de comandar sua vida como quiser; Relacionar-se com quem desejar. Porém não pode negligenciar ao direito do filho, ao nascer, registrando-o tão somente com o seu nome, negando-lhe ao direito do nome paterno, por motivos particulares, por sentimentos menores como medo ou vingança. O nome é direito personalíssimo, contém a história de cada pessoa.

Características
Número de páginas 66
Edição 1 (2009)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Comentários
1 comentários
Jessica Morgan
Quinta | 04.04.2013 às 22h04
Olá! Me interessei muito pelo livro! Irei ler assim que possível e recomendar! Sou Jéssica Morgan e é muito bom darmos força uns pros outros. Também tenho um livro aqui pelo site. http://clubedeautores.com.br/book/142469--Medo_da_Verdade Visite também minha pagina e recomende! Obrigada!