Hermenêutica jurídica
Uma Análise Contemporânea da Interpretação e Aplicação do Direito
Código do livro: 1324
Categorias
Ciências Humanas E Sociais, Direito
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 8752 vezes desde 05/01/2011
Versão
impressa
R$ 41,59
Valor total:
R$ 41,59
Valor total:
R$ 41,59
Sinopse

A presente obra surgiu da reflexão coletiva dos aspectos que cercam o Direito e sua interpretação.

Nessa ótica, Hermenêutica Jurídica: Uma análise contemporânea da interpretação e aplicação do Direito se apresenta ao público como uma obra que busca despertar o leitor para a discussão jurídica contemporânea sobre a fundamentação do Direito e da Hermenêutica Jurídica.

Esperamos que a presente obra seja objeto de estudo e crítica dos leitores para que a mesma passe pelo crivo do debate e cumpra seu papel acadêmico de desenvolvimento constante da pesquisa e ensino do Direito.

Características
Número de páginas 327
Edição 1 (2008)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

1 comentários
ROBERTO SANTANA CRUZ
Sexta | 06.08.2021 às 08h08
Terminei da acabar de ler o seu livro. Adorei. Voce é fera! Orgulho de tê-la como amiga. Sua abordagem, neste seu exemplar, é riquíssima. Abrange as principais dimensões da vida. Cita Dionísio e Apolo. Faz um critica altamente pertinente à cultura europeia de dominação.  Com muita classe e respeito trás a questão de gênero. Racismo. Demonstra quão é importante a questão indigena. Krenak não podia ficar de fora. Ao mesmo tempo que externa uma profunda admiração pelo filósofo,  Nietzsche,  não deixa de critica-lo quando, por exemplo, no trato como a dimensão feminina e com as “minorias". Mas o faz com muito respeito lembrando que devemos levar em conta o contexto que o Nietzsche vivia. Para concluir, exalto seu brilhantismo e coragem de como, de fato, nos capítulos finais mergulha no momento presente e imprime o seu pensar. És uma mulher/escritora brilhante. Penso que você se descobriu. É óbvio que dada a profundidade, peculiar, da maioria dos filósofos(as) terei que reler sua primeira grande obra.