Identidade e Cotidiano
São Paulo durante a Revolução Constitucionalista de 1932
Categorias
Didáticos, Educação, Geografia E Historia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 10967 vezes desde 12/06/2015
Versão
impressa
R$ 33,21
Valor total:
R$ 33,21
Valor total:
R$ 33,21
Este livro pode estar à venda na:
Sinopse

Com base numa documentação escrita, composta por textos de jornais e relatos de ex-combatentes de guerra, a autora constrói uma narrativa sobre o cotidiano dos paulistanos durante a revolução constitucionalista de 1932. Procurando compreender qual seria o lugar dos trabalhadores em um movimento definido pela historiografia tradicional como burguês.

Excluídos da memória histórica sobre 1932, tanto pelo discurso das elites burguesas quanto pelos textos da historiografia brasileira produzida até meados dos anos 70, os operários aparecem nas lembranças sobre a revolução constitucionalista de forma ambígua: ou como grupo que se negaria a contribuir com o movimento – como descrito por Luís Carlos Prestes em seu relatório para o Partido Comunista Brasileiro – ou como um grupo que, iludido pela ideologia dominante, lutou numa guerra que não era sua – na descrição de Holien Bezerra.

Resgatando as falas de vários grupos, interesses, veículos e personagens envolvidos nesse processo, a autora parte em busca de um ponto de equilíbrio que nos permita compreender melhor as dimensões desta relação ambígua entre ação consciente e dominação.

Características
ISBN 978-85-64137-54-7
Número de páginas 133
Edição 1 (2015)
Formato A5 (148x210)
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Ivete Batista da Silva Almeida

A Todas as Musas surgiu no universo editorial on-line em Julho de 2009, com a publicação do primeiro número da sua revista acadêmica. Mantendo rigorosamente os seus níveis de qualidade e periodicidade, essa publicação chegou, em fevereiro de 2011, ao seu quarto número, tendo sido já avaliada pela CAPES como B2 (excelente qualificação para uma revista independente).

A partir de 2010, a revista começou a ser impressa e a editora iniciou seus trabalhos no sistema de impressão sob demanda.

Comentários
0 comentários