Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
O SERVIÇO SOCIAL E PENAS ALTERNATIVAS
Um estudo preliminar na CEAPA de Salvador-BA
Categorias
Educação
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 14218 vezes desde 05/01/2011
Versão
impressa
R$ 36,14
Valor total:
R$ 36,14
Valor total:
R$ 36,14
Sinopse

O presente trabalho busca discutir um assunto que tem sido tema de diversos debates: as Penas e Medidas Alternativas, levantando dados principalmente, sobre a contribuição do Serviço Social nesta área. Tal estudo foi elaborado a partir do contexto sócio-jurídico, destacando as mudanças na trajetória das leis penais, o surgimento das alternativas à prisão, bem como, as modificações ocorridas na estrutura da realidade social brasileira, pontuando as alterações da profissão de Serviço Social frente a tais mudanças, ao mesmo tempo em que, situa o Serviço Social no campo de atuação sócio-jurídico, exemplificando sua colaboração na efetivação desta modalidade de pena. Trata-se de um trabalho fundamentado em pesquisa qualitativa com aplicação de entrevista semi-estruturada às Assistentes Sociais da Central e apreensão de dados sobre a realidade utilizando-se o conhecimento empírico. Busca-se analisar o papel da CEAPA - Central de Acompanhamento às Penas e Medidas Alternativas, sua Rede Social e as ações executadas pelas Assistentes Sociais, que norteiam a efetivação do cumprimento deste tipo de pena ou medida. Apresenta ainda, a experiência de acompanhamento deste modelo de pena em Salvador-BA, a partir das experiências adquiridas em meu campo de estágio nesta central, ao mesmo tempo em que aprofunda como tal pena vem contribuindo à sociedade de modo geral. A análise dos dados qualitativos e o desenvolvimento do conhecimento empírico possibilitaram a constatação sobre a importância e necessidade do Assistente Social inserido em serviços que tenham como objetivo o resgate do exercício da cidadania e a ressignificação do indivíduo, bem como, a (re) construção da sua identidade.

Características
Número de páginas 127
Edição 1 (2010)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Comentários
0 comentários