Os animais de meu sítio e outros poemas
Categorias
Poesia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 3026 vezes desde 25/08/2011
Versão
impressa
R$ 40,10
Valor total:
R$ 40,10
Versão
ebook
R$ 19,80
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 40,10
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

A CHUVA

Deixe a chuva penetrar sua alma

e lavar seu espírito.

Deixe-a falar com você

sobre as coisas do mundo onírico.

Deixe a água da chuva escorrer de mansinho

e molhar seu corpo.

Deixe cada pingo da chuva criar uma música diferente

enquanto bate em cada rastro de seu caminho dolente.

Deixe o gotejar de cada pérola pluvial sorrir para você,

e o brilho de cada gotícula ser luz no infinito.

Sob o olhar do arco-íris

curvilíneo no horizonte,

deixe o silêncio ser seu companheiro,

e o amor viver como aliado da chuva.

Deixe o mundo chorar se não houver outra chuva.

Você teria repudiado a trovoada inesperada

que molhou seu cabelo

que há muito precisava do banho saudável da água fria

que lava cada um de nós

que não sabe ver o Sol brilhar

depois de uma manhã chuvosa.

A chuva, camarada, tem a suave maestria

de deixar seu coração chover de alegria!

Características
Número de páginas 82
Edição 2 (2011)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 39,27
Ebook
R$ 18,73
Impresso
R$ 42,86
Ebook
R$ 24,11
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 33,20
Ebook
R$ 25,19
Impresso
R$ 32,64
Ebook
R$ 14,96
Impresso
R$ 35,63
Ebook
R$ 14,42
Impresso
R$ 32,02
Ebook
R$ 14,42
Impresso
R$ 35,61
Ebook
R$ 16,58
Impresso
R$ 34,22
Ebook
R$ 16,58
Impresso
R$ 47,71
Ebook
R$ 14,42
Impresso
R$ 31,21
Impresso
R$ 39,38
Ebook
R$ 16,58
Impresso
R$ 30,37
Ebook
R$ 14,42
Impresso
R$ 38,45
Ebook
R$ 14,42
Impresso
R$ 45,59
Ebook
R$ 25,19
Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

1 comentários
Raíra Salméa
Segunda | 05.09.2011 às 00h09
Li e reli obra singela e ao mesmo tempo tão rica, que nos faz sentir pungente o que guardamos silencioso dentro de nós. Cada verso mistura a realidade de quem lê e de quem o escreveu, fazendo-a uma só. Viagei a tempos que ainda nem vivi. Parabéns Tio João!