Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
Percursos
Categorias
Turismo, Não Ficção, Biografia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 5420 vezes desde 05/01/2011
Versão
impressa
R$ 43,95
Valor total:
R$ 43,95
Valor total:
R$ 43,95
Sinopse

Viajar é descobrir a própria alma. É encontrar-se, caminhar por você mesma, descobrir o ouvir, o pensar, as várias formas de ver, de flanar. Viajar é perceber que a memória é feita de cheiros, sabores, sensações. É ter certeza que a sua viagem é realmente só sua, com suas lembranças, suas maneiras de guardar na memória todos os momentos, os tolos, os fortes, os inesquecíveis. De uma maneira só sua, ampla, especial, absolutamente particular.

Pode-se viajar de várias maneiras, muitos formatos, sozinha ou em grupo, por lugares típicos ou exóticos, de trem, de avião, de barco. Viaja-se de repente ou com muito preparo. Viaja-se, isto é o que importa mais. Pois cada viagem é uma história que se guarda na mente, na pele. Nunca mais se perde qualquer vista, todas as imagens, nada mais nunca se perde.

Algumas destas minhas viagens foram feitas com meu grande amigo, o meu filho. Especiais pelo que se viu, ouviu e percebeu. Únicas, pois foram a minha maneira de descobrir o filho que tenho, esse grande companheiro, colega de quarto de tantos hotéis, pousadas, cabines de trem. Parceiro de vida.

Foram 9 caminhos, 9 grandes viagens que ajudaram mãe e filho a se conhecerem, a crescerem, a visitarem o mundo com olhos de todas as cores: viajantes, amigos, críticos, meros observadores. Olhos sempre atentos nas coisas, nas pessoas, em si próprios.

Além do belo de ver e do convívio ainda mais belo, essas viagens foram também vívida história. Para o filho, aulas práticas de quase tudo o que via na escola. E aprendia viajando. Para a mãe, oportunidade de provar das coisas eternas, das verdades da história, de se fazer mãe ensinando.

Teve a típica Disney, a não tão óbvia Polônia. Chile e as montanhas. Áustria e seus rios. Alemanha quase toda, coisa deles. Itália, Finlândia, noites brancas. Teve arte, história, Praga, Paris, ambos estudando, passeando, brincando de conhecer. Houve tantas mais. Juntos sempre, juntos nas suas sensações.

Este livro é somente isso: uma caminhada por museus, praças, monumentos, pessoas, igrejas, bares, ruas, rios, mares, barcos, trens, estações, aeroportos, almas, vidas, crianças, hotéis, pousadas, parques, a mãe e o filho, estes dois companheiros. Estes dois viajantes.

A história é bonita, gostosa, amiga, conta minhas lembranças de caminhos com meu filho, companheiro de trilhas, amigo de uma vida inteira.

É o relato de uma década. Lembranças leves e sensíveis de como foi bom viver tão perto todos os dias. Escrevendo, fui revendo tudo o que olhamos juntos, que descobrimos, que nos encantamos, que vislumbramos a delícia que é ser mãe de um filho, filho amigo da mãe. Mãe de mãos dadas com seu filho.

É a história do meu percurso. São minhas lembranças das sensações que tive como viajante. Imagens de mãe revividas e transcritas durante 7 anos. Em diversos estilos, formas, jeitos, pensares.

Sempre mãe.

Características
Número de páginas 212
Edição 1 (2010)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Marcia Camargo

Márcia Camargo nasceu em São Paulo, Capital, em 1960. Estudou Jornalismo e Direito na Universidade de São Paulo e na Pontifícia Universidade Católica e especializou-se em administração mercadológica na Fundação Getúlio Vargas. Desenvolveu sua carreira profissional em empresas nacionais e multinacionais nos ramos de cosméticos e alimentos. Seu hobby principal é viajar, hábito adquirido desde criança, com sua mãe. Já visitou todos os continentes, da Finlândia à Antárctica, da Groenlândia ao deserto vermelho da Austrália. Márcia tem mãe, filho e esposo e com este vive, desde 2007, em Paarl, no sudoeste da África do Sul.

Continua viajando com todos eles, esposo, filho e mãe.

Comentários
6 comentários
Márcia Ferrari
Sexta | 26.10.2012 às 10h10
Cara Gerusia, só li seu comentário hoje, 26 de outubro de 2012. Estava em viagens por aí e não acessei esta página por muito tempo. Não entendi o seu comentário. Você leu o meu livro inteiro, ou só a página publicada neste site? Um abraço, Márcia
gerusia
Quarta | 23.11.2011 às 01h11
Rio de Janeiro,23/11/2011 Márcia,sinto tanta verdade nas coisa que você escreve ,que teria o prazer de confiar a minha história para ser conhecida.Sei que ,seu trabalho é sério e me sentiria tranquila, sabendo que você seria fiel ao meu relato.Tem que ter muita coragem para contar! Espero que você me responda. Obrigada, Gerusia da Paz Pereira Babinsck.
Quinta | 16.09.2010 às 22h09
Norma, Pieter e Jose Manuel, dois de voces fazem parte da minha vida e um parece ser um novo leitor. Obrigada pelas palavras de encorajamento. Espero que gostem de minhas historias.
Segunda | 13.09.2010 às 17h09
Marcia. Gostei da introducao. Sua linguagem parece simples e direta, cheia de emocoes, repleta de sentimentos. Vou comprar. Vou ler. Acho que vou indicar. O comeco inspira ....
Terça | 07.09.2010 às 12h09
Marcia, acho que todas as maes do mundo precisam ler o seu livro. Voce fez opcoes de vida e nos conta como criar um filho atraves do conhecimento. E instigante e delicioso de ler! Continue a escrever. Queremos mais de suas historias!!
Terça | 07.09.2010 às 12h09
Comovente!!! Alem de uma linguagem moderna e envolvente, que nos cativa desde a primeira pagina, mostra uma interessante evolucao no relacionamento entre mae e filho. Nao e so um livro de turismo - mas como mostra locais e situacoes! - mas uma viagem pela vida. Lindo demais! Parabens, aguardo o segundo livro!