Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
PROCESSOS INTERVENTIVOS DO SERVIÇO SOCIAL NA EDUCAÇÃO:
Um estudo preliminar no Sul do Estado da Bahia.
Categorias
Ciências Humanas E Sociais, Educação
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 3687 vezes desde 03/08/2012
Versão
impressa
de R$ 38,37 por
R$ 38,37
Valor total:
R$ 38,37
Versão
ebook
R$ 22,60
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 38,37
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

A presente pesquisa tem como finalidade realizar um estudo preliminar no Sul do Estado da Bahia acerca dos processos interventivos do Serviço Social na Educação, realizando para tanto, um trabalho de campo que contará com duas instituições de ensino – uma pública e outra de caráter privado-filantrópica – e um programa federal como campos empíricos de observação e análise, tendo como espaço de abrangência os municípios de Porto Seguro, Itabuna e Ilhéus. Objetiva-se assim observar como os usuários/alunos/clientes vêem a atuação do assistente social, analisando as várias expressões da ‘questão social’ encontradas no contexto escolar, refletindo desta forma, acerca das referências filosóficas presentes no arcabouço teórico-metodológico dos profissionais envolvidos, além de sua postura e posicionamento ético-político frente aos ideais da profissão, com vistas a analisar e diferenciar os processos interventivos dos assistentes sociais em escolas públicas e privadas. O estudo buscará assim identificar os desafios para a efetivação do assistente social no contexto educacional. Para coleta de dados realizou-se uma entrevista não-estruturada e focalizada – que permite aos pesquisadores através de um roteiro pré-estabelecido incluir outras perguntas e questionamentos – integrada à entrevista não diretiva, utilizando-se do método dialético de Karl Marx como o mais indicado para trabalhar com as relações sociais advindas do modo de produção capitalista, reconhecendo que o mesmo permitirá aos pesquisadores fazerem uma leitura mais aguçada e crítica da realidade estudada, tendo como base a pesquisa qualitativa como a mais propícia para lidar com as ciências humanas. Neste contexto o trabalho buscará auxiliar e contribuir com a atuação dos assistentes sociais que almejam trabalhar na área da educação, apresentando-o como suporte bastante valorativo ao fazer profissional dos mesmos. Ao término do estudo os pesquisadores puderam comprovar a hipótese, sendo que de fato os processos interventivos dos assistentes sociais se diferenciam nas escolas públicas e privadas, embora muitos sejam os fatores que contribuem para que haja essa diferenciação.

Características
Número de páginas 155
Edição 1 (2012)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
de R$ 37,00
R$ 37,00
Ebook
R$ 12,27
Impresso
de R$ 37,78
R$ 37,78
Impresso
de R$ 34,98
R$ 34,98
Impresso
de R$ 33,90
R$ 33,90
Impresso
de R$ 42,47
R$ 42,47
Impresso
de R$ 49,55
R$ 49,55
Impresso
de R$ 51,35
R$ 51,35
Ebook
R$ 24,75
Impresso
de R$ 38,04
R$ 38,04
Comentários
0 comentários