A Jararaca
Sobrevivendo ao ataque
Código do livro: 337843
Categorias
Ciência, Drama, Esportes E Lazer, Caminhada E Corrida
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 84 vezes desde 25/05/2021
Versão
impressa
R$ 46,32
Valor total:
R$ 46,32
Valor total:
R$ 46,32
Sinopse

Cobras são animais indesejáveis. São raras as pessoas que tem uma como bichinho de estimação. Elas dão pavor devido a sua aparência assustadora.

Não é tanto o tamanho da serpente que nos faz evitar este animal selvagem. São os efeitos de sua picada venenosa que pode matar em poucas horas, caso a vítima demore a ser socorrida.

Quando se pensa em sair para um passeio em sítios, chácaras, fazendas ou qualquer área rural, algumas pessoas sempre interrogam se tem “cobras”.

Muitos evitam este tipo de lazer tão somente pelo medo de serem mordidas por uma cobra.

Se por acaso você fosse a um passeio em uma floresta e um réptil venenoso lhe mordesse, o que você faria?

Será que é possível sobreviver a um ataque de serpentes peçonhentas como coral, jararaca ou cascavel?

Eu sobrevivi.

Saiba o que pode ser feito em uma situação como essa.

Descubra como agi para sobreviver sem ter um socorro imediato.

Características
Número de páginas 164
Edição 1 (2020)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Couche 90g

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

George Sillva

Natural de Areia Branca, Rio Grande do Norte. Nascido em 06 de setembro de 1960.

Suboficial da Força Aérea Brasileira.

Mecânico de Aviões.

Especialista nas aeronaves Bandeirantes R-95 e C-95 A-B. Trabalhou ainda com as aeronaves Caravan e Sêneca.

Estudou na Escola de Educação Física do Exército

Técnico Bi-campeão de Corrida de Orientação .

Praticante de Triatlo.

Pedalou 20.000 quilômetros no Brasil.

12.000 quilômetros pela Argentina, Uruguai, Paraguai, Venezuela e Colômbia.

8.000 quilômetros na América Central (Panamá, Costa Rica, Nicarágua, Honduras, El Salvador e Guatemala);

Percorreu ainda 4.000 quilômetros: na América do Norte incluindo México e Estados Unidos

Atravessou a Lagoa de Araruama, no Rio de Janeiro.

O Rio Branco, localizado em Boa Vista, Roraima.

O rio Negro, Solimões e Guaporé, no Amazonas.

Nadou até a ilha Montão de Trigo, em São Paulo.

Correu as maratonas de São Paulo, Rio de Janeiro e Ribeirão Preto.

Completou as “ultramaratonas” de Santos, Campinas e Cubatão, em São Paulo.

Gosta de viajar. Esta fazendo uma “Volta ao Mundo”.

Escreve sobre a natureza e países por onde viaja.

Seus escritos tratam de fé, esportes e a espécie humana.

Tem como prioridade exaltar a Deus e seu filho Jesus Cristo.

Faz referências ao relacionamento entre Deus e os homens.

É casado com Francisca. Filhos Gregori e Glendali.

Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

0 comentários