Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
A ordem das razões e a desconstrução
Formas de pensar a história da filosofia
Categorias
Filosofia / Religião, Epistemologia, Filosofia, Ciências Humanas E Sociais
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 366 vezes desde 14/09/2019
Versão
impressa
R$ 38,29
Valor total:
R$ 38,29
Versão
ebook
R$ 17,22
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 38,29
Este livro pode estar à venda na:
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Em meio a uma produção já eloquente este livro do Ronaldo é em especial precioso na medida em que é em si um exercício de rigor para além do chamamento quase intransponível de relacionar rigor com tradição e que tão frequentemente resulta em um obscurecimento conservador que apenas repete entendimentos. Vale lembrar: Freud percebeu como a repetição pode ser sintoma! Aqui não encontro repetição e sim excitação para pensar por mim sobre novas maneiras de olhar e ver!

Considero este texto uma exemplificação e ao mesmo tempo uma fundamentação de um encontro pessoal e unívoco entre cada leitor, cada leitura com um pensador e seu pensar. Uma reflexão guia, que pode orientar como acessar o pensamento de grandes autores sem ter que necessariamente aderir a este ou aquele autor ou a esta ou aquela doutrina.

(Helgis Torres Cristófaro)

Características
ISBN 978-65-900-5171-4
Número de páginas 104
Edição 1 (2019)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Polen
Fale com o autor
Ronaldo Manzi

Graduado em filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (UCG, 2004) e formado em psicanálise pelo Centro de Estudos Psicanalíticos (CEP, 2012). Possui mestrado em filosofia pela Universidade de São Paulo (USP, 2007). Doutor em filosofia pela Universidade de São Paulo (USP, 2013) e pela Radboud Universiteit Nijmegen (RUN, 2013) (co-tutela). Pós-doutor em filosofia (USP, 2017) e em Psicologia Social (USP, 2019). Publicou os livros: Quand les corps s’envahissent – Merleau-Ponty face à la psychanalyse (EUE, 2018); Memória, ato performativo e patologia do social – de permeio com a filosofia, a psicanálise e a literatura (Kotter, 2019); Complexo de Édipo em Freud e Lacan – Uma introdução à fobia do pequeno Hans (Via Lettera, 2019); Exemplos, exceções, metáforas... – Um estudo epistemológico da psicanálise (Clube de Autores, 2019). Co-organizou os livros A filosofia após Freud (Humanitas, 2008) e Paisagens da Fenomenologia francesa (UFPR, 2011). Publicou artigos em periódicos especializados, além de diversas traduções de artigos e revisões de livros. Atua principalmente nas áreas da Fenomenologia francesa, Psicanálise e da Epistemologia da Psicanálise. Participa do grupo de pesquisa do Laboratório de Estudos em Teoria Social, Filosofia e Psicanálise (USP). É membro da International Society of Psychoanalysis and Philosophy (ISPP). Artista plástico.

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 39,46
Ebook
R$ 11,84
Comentários
0 comentários