Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
A PLATAFORMA DO AMOR DE DEUS
O Vinculo da Perfeição
Categorias
Motivacional, Espiritual, Crescimento Pessoal, Teologia, Religião, Autoajuda
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 238 vezes desde 21/07/2020
Versão
impressa
R$ 33,46
Valor total:
R$ 33,46
Versão
ebook
R$ 15,07
Disponível em:
epub
Valor total:
R$ 33,46
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

A PLATAFORMA DO AMOR DE DEUS

Inteligência Espiritual

CAPÍTULO – 1

Amor a Plataforma da Disciplina

Quando nascemos de novo (1 João 5.1) “Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo, é nascido de Deus; e todo aquele que ama ao que o gerou também ama ao que dele é nascido”, o amor, como tipologia e atributo da própria essência do caráter de Deus é derramado dentro de nossos corações pelo Espírito Santo.

“E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.”. (Romanos 5.5)

A expectativa da eterna visão de Deus é que possamos andar nesse mesmo amor, e não mais como antigamente andávamos, totalmente mergulhados e comprometidos ante a vaidade de nossos próprios pensamentos carnais, ou seja, pela concupiscência da carne (Gálatas 5.16) “Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne”.

Na verdade, diante o exposto acima, evidentemente, seja possível, que o homem se converta ao Cristo Salvador; sim, porque, já se foram os anos passados, visto que esse passado lhe vem como cansaço e opressão, devido que ele não mais faz da sua presente vida; porém, meditando no amor de Deus, ele revela sua ausência de vida, sim, para ser apenas vinculado à perfeição do Senhor e preenchido; essa é a essência e a perspectiva que revela quem somos, ou seja, estrutura antes o caráter reprovável, para um caráter aprovável, a fim de agir apenas através do amor de Deus, o qual apenas achamos em Cristo jesus.

“Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que creem no seu nome”. (João 1.12)

O certo é que, nossa trajetória para avançar depende de andar em amor, não o amor da terra, mas no amor de Deus; não duvide, porque, a fé é como se fosse um foguete intergaláctico espacial, cheio de potencial, superequipado, e capaz de alcançar alturas e lugares inimagináveis.

“E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus”. (Romanos 12.2)

Porém, para que esse foguete seja lançado é preciso que essa plataforma de lançamento seja revestida de uma fortaleza sólida, supervisionada por uma plataforma base de acompanhamento, que regule constantemente a direção do foguete “Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo”. (Filipenses 1.6)

Creia que a fé pode nos levar para elevados lugares de prosperidade, mas no percurso se não estivermos motivados pelo amor de Deus, conscientes da compaixão, podemos perder o foco.

“Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não veem”. (Hebreus 11.1)

A finalidade de todo crescimento é alcançar pessoas, Deus nos levanta para erguer outros. Se alimentarmos a nossa fé (Romanos 10.17) “De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus” e, em paralelo uma mentalidade do amor de Deus iremos crescer da forma que agrada a Deus. Seremos fortes na fé e transbordantes de compaixão.

“Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém”. (2 Pedro 3.18)

É pela fé que obedecemos a Deus (Romanos 1.17) “Porque nele se descobre a justiça de Deus de fé em fé, como está escrito: Mas o justo viverá pela fé”, que recebemos as promessas (Gálatas 3.14) “Para que a bênção de Abraão chegasse aos gentios por Jesus Cristo, e para que pela fé nós recebamos a promessa do Espírito”, mas é através do amor que a fé opera. Fé e amor andam lado a lado: Acredite que, quando oramos, o Espírito Santo sempre está presente, a fim de nos ser o professor que nos ensina e nos faz lembrar de todas as coisas, pois, “sem arrependimento, as promessas não se cumprem, e sem amor, sua confissão não prosperará”, ou seja, para a benção das promessas do Todo Poderoso.

Na verdade, enquanto estivermos nessa terra, e usando esse corpo, nosso desejo importa em avançar, além de um posicionamento à nossa fé, porém, serão necessários alguns ajustes no andar relativo ao nosso amor “Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu? E dele temos este mandamento: que quem ama a Deus, ame também a seu irmão”. (1 João 4.20.21)

Esse tipo de comportamento é algo diário, porque todos os dias somos tentados a pensar o pior sobre alguém ou de acerca de nós mesmos, simplesmente, porque não sabemos ser generosos e pacientes, “Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça”. (Mateus 7.24)

Relacionamentos e posições distantes, interpessoais ou pessoais, sempre buscam ajustes nesse amor.

Portanto, através desses sentimentos particulares que podemos aprender a discernir como se apresenta o nosso andar e proceder relativo ao amor. Senão, quanto ao timbre de voz com que nos expressamos diante as pessoas.

Por exemplo, relativo a pedir, porém, com um simples “por favor” ou “muito obrigado”. Vejamos do compartilhar da alegria de seu próximo que se alegra, não é difícil, porém, já não é tão simples compartilhar da sua dor! O certo é que celebrar faz parte da alegria que vem do amor de Deus, mas, para celebrarmos algo, devemos estar revestidos do amor de Deus!

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. (João 3.16)

O apóstolo Pedro nos adverte que no fim dos tempos devemos ser bem mais vigilantes, senão, ardentes na oração, porém, sobretudo, andar no amor não de uma forma superficial, conforme (Romanos 12.9) “O amor seja não fingido. Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem”, mas que seja intenso. “E já está próximo o fim de todas as coisas; portanto sede sóbrios e vigiai em oração. Mas, sobretudo, tende ardente amor uns para com os outros; porque o amor cobrirá a multidão de pecados”. (1 Pedro 4.7,8)

Características
Número de páginas 62
Edição 26 (2020)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Pastor Geovaldo Barroso

Geovaldo Barroso, bacharel em segurança pública, pastor evangélico, casado com a pastora Moza Barroso, vice-presidente da CC Cristã Terra Nova, Bacharel em Teologia, Faculdade Teológica Alfa e Ômega (FATAL-BA), líder da Escola Bíblica Teológica a Distância (EBTAD). Eusébio-CE-Brasil.

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 37,91
Ebook
R$ 15,07
Impresso
R$ 34,78
Ebook
R$ 15,07
Impresso
R$ 34,37
Ebook
R$ 15,07
Impresso
R$ 37,42
Ebook
R$ 15,07
Impresso
R$ 35,44
Ebook
R$ 15,07
Impresso
R$ 36,59
Ebook
R$ 15,07
Impresso
R$ 32,96
Ebook
R$ 15,07
Impresso
R$ 35,69
Ebook
R$ 15,07
Impresso
R$ 34,12
Ebook
R$ 15,07
Impresso
R$ 36,51
Ebook
R$ 15,07
Impresso
R$ 37,58
Ebook
R$ 15,07
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 49,84
Ebook
R$ 33,37
Impresso
R$ 33,65
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 32,75
Ebook
R$ 13,45
Impresso
R$ 89,82
Ebook
R$ 59,99
Impresso
R$ 34,06
Ebook
R$ 11,84
Impresso
R$ 38,42
Ebook
R$ 17,22
Impresso
R$ 28,40
Ebook
R$ 13,00
Impresso
R$ 37,46
Ebook
R$ 20,45
Comentários
1 comentários
Leni Menezes
Terça | 21.07.2020 às 11h07
Maravilhoso estudar e aprofundar-se na verdade, abre-se um novo entendimento apartar do estudo que é a verdade sobre Deus e sobre quem nos somos nele!