A Trilha Perdida

Caminhos e descaminhos do desenvolvimento baiano no século XX

Por Noelio Dantaslé Spinola

Código do livro: 146482

Categorias

Ciências Humanas E Sociais, Economia, Geografia E Historia

Compartilhe este livro
Esta página foi vista 5506 vezes desde 09/06/2013
Versão
ebook
R$ 43,96
Leia em Pensática
Valor total:
R$ 43,96
Este ebook também pode estar à venda na:

Sinopse

Este livro trata da economia baiana nos séculos XIX e XX, analisando a evidente contradição entre os números apresentados em suas estatísticas oficiais.

Em 2000, quando se apagavam as luzes do século XX a Bahia ocupava, segundo o IBGE, a sexta posição no ranking dos estados brasileiros relativamente ao produto interno bruto, e a 22ª no IDH, segundo o Atlas do Desenvolvimento Humano. Conforme esta mesma fonte, no sexto estado mais rico do país, a participação de pobres na população, medida pela proporção de pessoas com renda domiciliar per capita inferior à metade do salário mínimo vigente, era de 55,3% e a desigualdade traduzia-se pelo índice GINI igual a 0,67, denunciando que, enquanto os 20% mais pobres ficavam com apenas 1,2% da renda gerada no Estado, os 20% mais ricos abocanhavam 70,2%.

Uma situação tão ruim como esta talvez não ocorresse se não tivéssemos perdido a trilha do desenvolvimento a partir do ano de 1763, quando a transferência do Governo Geral para o Rio de Janeiro retirou da então próspera província baiana a condição de capital política do país e todos os ganhos inerentes a esta condição.

Busca-se, desta forma, desmistificar um discurso muito em voga entre as elites baianas, notadamente dos governantes, que cria e consagra o grande factoide da Bahia rica, próspera e feliz.

Características

ISBN 978-8587325-17-4
Número de páginas 529
Edição 1 (2009)
Idioma Português

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

2 comentários
Luiz Ribeiro
Terça | 04.02.2020 às 15h02
O livro acima, em seu capítulo 3.3 (“O PLANEJAMENTO REGIONAL E A QUESTÃO FEDERATIVA”) do Título III (“PLANEJAMENTO E POLÍTICAS PÚBLICAS”), nas páginas 204 a 208, foi literalmente copiado do artigo de Santos (1997). SANTOS, Luiz Carlos Ribeiro. Federalismo no Brasil e desequilíbrios regionais. Conjuntura & Planejamento. Salvador: SEI, 1997. CDU: 338 (814.2) ISSN 1413-1536
ulisses sebbrian
Segunda | 10.06.2013 às 09h06
Olá, tudo bem! Parabéns pelo livro e sucesso. Divulguei no meu Twitter de meu amigo @alenoSilvano para todos saber de sua obra. Também marquei com 5 estrelas e divulguei no Face book . É de suma importância para esse país tão vasto e diverso. Mais uma vez sucesso. Sou escritor e meus livros estão nesse site. 3 Click no livro pra ler http://migre.me/dVxbN Meu blog. http://truquedevida.blogspot.com.br/ Felicidades e sucesso