As metáforas da maré
um estudo das metáforas conceptuais na linguagem da pesca em Baiacu-Vera Cruz-Bahia
Categorias
Antropologia, Hermenêutica, Ciências Humanas E Sociais
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 617 vezes desde 18/06/2018
Versão
ebook
R$ 11,84
Disponível em:
epub
Valor total:
R$ 11,84
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Tradicionalmente considerada como figura de retórica, a metáfora sempre teve seu aspecto associado ao problema lógico da função dos signos. Nesta obra, a metáfora passa a ser interpretada por um viés experiencialista, de natureza da linguagem motivada e da noção de cognição situada. Daí porque ser também um trabalho cuja perspectiva interdisciplinar inclui estudos nas áreas da linguística, semântica, antropologia, lexicologia, pragmática, filosofia, ciências cognitivas. É uma pesquisa baseada na teoria de Lakoff e Johnson (2002 [1980]) e nos estudos da Linguística e Semântica Cognitivas e da Terminologia. Retrata o modo pelo qual os conceitos podem ser embasados, estruturados, relacionados uns com os outros e definidos. Tem por objetivo geral realizar uma investigação sobre a linguagem figurativa, a natureza da metáfora conceptual, à luz da produção de dados empíricos provenientes de pescadores artesanais da comunidade de Baiacu/Vera Cruz/Bahia. Utiliza-se do método de análise de corpus e do Processamento de Identificação de Metáforas (PIM). O levantamento dos dados consiste de entrevistas que foram gravadas e transcritas, constituindo-se em fontes de pesquisa aplicadas juntas aos sujeitos da investigação. Os resultados revelam que a metáfora opera no nível de conceitos individuais e expressões metafóricas e que não se pode separar o individual do coletivo, nem o pensamento da ação, todos dependem da experiência corpórea e cultural de cada grupo humano para a representação de modelos de categorização da metáfora. Apontam ainda que as categorias apresentadas na análise, do ponto de vista conceptual, são as mais prototípicas, podendo-se concluir que estas categorias estão mais fortemente enraizadas no pensamento, na cultura e no léxico dos pescadores, comprovando a perspectiva de corporização da cognição e da interação dos fatores sociais e cognitivos.

Características
Edição 1 (2018)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Cristiane Fernandes Moreira

Doutorado em Linguística Histórica, estudos em Semântica Cognitiva, pela Universidade Federal da Bahia _ Brasil.Bolsa sandwich na UMinho, Portugal.

Comentários
1 comentários
Laura
Segunda | 18.06.2018 às 15h06
Recomendo para publicação em livro impresso.