Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
Cecília
Categorias
Aventura
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 2773 vezes desde 12/10/2012
Versão
impressa
de R$ 33,15 por
R$ 27,09
Valor total:
R$ 27,09
Versão
ebook
R$ 11,84
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 27,09
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

O enredo desta história se baseia no conjunto de fatos que constituem o cotidiano de uma pessoa que mesmo antes de nascer, foi simplesmente ignorada por não atender os anseios dos pais em terem um filho varão. O casal de militares havia acordado que não teriam filhos, entretanto a tenente Sullivan após o casamento cedeu aos apelos do então sargento Proença, e resolveram ter um filho, ela lhe garantiu seria uma única gestação. E por capricho da natureza quis o destino que ela ficasse gravida de uma menina.

Cecília foi criada de uma maneira um tanto diferente em comparação a outras meninas. Não era tratada como aquele cristal bonito e precioso que se tem sempre o máximo cuidado e respeito por sua fragilidade, ao contrário , seus pais procuravam cria-la e trata-la como a um menino que se está preparando para ingressar na unidade de fuzileiros.

Leda a antiga empregada, que já havia ajudado a cuidar da própria tenente quando esta ainda era bebê, e permaneceu na casa da família até então, era quem cuidava da menina e a orientava. Ela foi uma fiel escudeira, nunca tirou um período de férias desde o nascimento de Cecília. A rejeição dos pais fez com que Leda tivesse redobrado o interesse e a dedicação pela menina. Ela foi o pai nas horas que a menina precisou de um pai, foi mãe presente que supria a falta e as necessidades que a menina sentia.

Cecília abandona a faculdade e segue para Malásia numa viagem onde participaria de uma missão humanitária, e tem um envolvimento com uma enfermeira ligada ao grupo da ONG que cuidava da ajuda humanitária.

Mesmo sem ter definido sua opção sexual ela se casa, e é a partir daí que desencadeia uma série de acontecimentos que origina a criação deste livro.

Características
Número de páginas 185
Edição 1 (2012)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Alcir Ramos

Minha formação acadêmica é em ciências contábeis, nos últimos vinte anos anteriores à aposentadoria, trabalhei em uma grande empresa de mineração envolvido com pesquisas minerais, mais precisamente com direitos minerários. Tive anteriormente a incumbência de supervisionar alguns contratos de royalties de cassiterita, onde a principal interessada era a Mineradora Paranapanema, que mantinha seus interesses de arrendamento voltados para as áreas das jazidas de São Félix do Xingu.

Hoje aposentado dedico boa parte do meu tempo à família e a dois robes aos quais me dedico. Por ter bastante habilidade manual, direciono este dom a pratica de trabalhos de marcenaria. Outro robe está direcionado a criação. Apesar de ter sido produtor rural por alguns anos, refiro-me a criação através da escrita, ao me aventurar por esta área, já escrevi vários poemas, contos e até me dispus á escrever algumas histórias criando alguns livros. Apesar de não dominar nenhum idioma, nem mesmo o português, vou utilizando o meu linguajar baseado no português trivial banal. Costumo fazer um paralelo entre um atleta velocista e eu escritor. Sei que não alcançarei a sua velocidade, entretanto continuo caminhando. Sei que quem espera nunca alcança e para isso é preciso correr e correr à frente.

O prazer de escrever é impar, nos permite transcender, levando-nos a um mundo só nosso, onde sem querer blasfemar, nos tornamos o todo poderoso e com poderes infinitos. Ao criar um personagem lhes damos a vida, da qual somos responsáveis inclusive pelo desenvolvimento do seu caráter, e se em algum momento temos que interromper a trajetória de vida de uma criatura, é inevitável o sentimento de perda do criador.

Por falar em sentimento eu não poderia deixar de registrar o amor incondicional e despretensioso que tenho pela minha mulher e meus filhos, os quais tenho na mais elevada estima e consideração.

Aqui vai uma dica para você que pretende ser muito amado(a), ame pura e simplesmente os seus semelhantes, entretanto não deixe de amar ainda um pouco mais a si próprio, sem chegar ao narcisismo, porém deve ama-se bastante, para quando ouvir dizer que te amam, tenhas a possibilidade de mensurar o quanto realmente és amado(a).

Se pretenderes realmente ser amado(a) tenha em mente que é imprescindível que sejas amável incondicionalmente.

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
de R$ 31,22
R$ 25,16
Ebook
R$ 15,07
Impresso
de R$ 31,43
R$ 25,36
Ebook
R$ 15,07
Impresso
de R$ 34,77
R$ 28,71
Ebook
R$ 15,07
Impresso
de R$ 32,13
R$ 26,07
Ebook
R$ 16,14
Impresso
de R$ 36,05
R$ 29,99
Ebook
R$ 16,14
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
de R$ 32,79
R$ 26,73
Ebook
R$ 11,84
Impresso
de R$ 34,40
R$ 28,34
Ebook
R$ 13,51
Impresso
de R$ 36,82
R$ 30,76
Impresso
de R$ 36,75
R$ 30,69
Ebook
R$ 15,07
Impresso
de R$ 33,13
R$ 27,06
Ebook
R$ 13,51
Impresso
de R$ 46,53
R$ 40,47
Ebook
R$ 27,98
Impresso
de R$ 38,94
R$ 32,88
Impresso
de R$ 42,85
R$ 36,78
Impresso
de R$ 41,36
R$ 35,29
Impresso
de R$ 48,22
R$ 42,16
Impresso
de R$ 46,57
R$ 40,51
Comentários
1 comentários
DANKA MAIA
Sexta | 12.10.2012 às 20h10
Seja Bem Vindo! História Fascinante! Todo sucesso do mundo! Se quiser ficarei honrada com a visita: https://dankamaiaescritora.wordpress.com/ https://www.clubedeautores.com.br/book/135088--A_Casa_Dos_Destinos