Memorial da infância de Cristo e triunfo do divino amor
primeira parte
Categorias
Crítica Literária, Poesia, Religião
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 2425 vezes desde 15/12/2016
Versão
impressa
R$ 42,92
Valor total:
R$ 42,92
Valor total:
R$ 42,92
Este livro pode estar à venda na:
Sinopse

Organização, notas e estudos introdutórios de

Fabio Mario da Silva

(Professor da UNIFESSPA, pós-doutor em Literatura Portuguesa pela USP, doutor e mestre em Estudos Lusófonos pela Universidade de Évora - Portugal).

---

Fundamentada no princípio estético da imitação dos modelos bíblicos e greco-latinos, a obra poética de Soror Pimentel revela uma elevada sensibilidade estético-literária, que visa, na expressão mais genuína da retórica ciceroniana, docere et delectare – ensinar e agradar. Articulando intertextualidade e matéria ficcional, motivos pagãos e cristãos, a epopeia desta religiosa eborense escapa milagrosamente ao patíbulo dos censores e chega incólume aos nossos dias.

É este poema publicado apenas em 1639 que Fabio Mario traz a lume para uma nova edição, revelando rigor e maturidade enquanto estudioso e investigador que aposta em temáticas atraentes e inovadoras. Acresce não ser o menor dos méritos dar a conhecer ao grande público o primeiro volume da trilogia do Memorial, o primeiro poema épico-religioso escrito e publicado em língua portuguesa por uma religiosa cisterciense do convento de Évora, Soror Maria de Mesquita Pimentel.

Abel N. Pena

(Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa)

Características
ISBN 978-85-64137-73-8
Número de páginas 367
Edição 1 (2016)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Soror Maria de Mesquita Pimentel

A Todas as Musas surgiu no universo editorial on-line em Julho de 2009, com a publicação do primeiro número da sua revista acadêmica. Mantendo rigorosamente os seus níveis de qualidade e periodicidade, essa publicação chegou, em fevereiro de 2011, ao seu quarto número, tendo sido já avaliada pela CAPES como B2 (excelente qualificação para uma revista independente).

A partir de 2010, a revista começou a ser impressa e a editora iniciou seus trabalhos no sistema de impressão sob demanda.

Comentários
0 comentários