Moçambique Pede Liçença
HISTÓRIA, COSTUMES E TRADIÇÕES NAS CONTAS DO ROSÁRIO EM BETIM
Categorias
Ciências Humanas E Sociais, Geografia E Historia, Filosofia / Religião
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 3373 vezes desde 05/01/2011
Versão
impressa
R$ 44,78
Coloração
Acabamento
Valor total:
R$ 44,78
Valor total:
R$ 44,78
Sinopse

O Congado faz parte do imaginário e da memória social de uma parcela da comunidade afro-brasileira como elemento construtor de sua identidade e sofre as mazelas do olhar estupefato do turista e da incompreensão do transeunte ao carregar sua própria visão de mundo, mitos, rituais e praticas religiosas que muitas vezes são invisíveis a olhos desatentos. Ao se conhecer as raízes históricas do congado e longe do olhar apressado do turista, da fé cega do devoto e da perplexidade deslumbrada pode-se entendê-la como resultante da religiosidade católica dentro da cultura afro-descendente no Brasil e sua importância em uma sociedade miscigenada. Observa-se a construção da identidade da comunidade negra de Betim na manifestação do congado através dos marcos históricos do congado e de sua conceituação vários aspectos apresentando seus principais elementos constitutivos e desses elementos no ritual tendo o Congado como manifestação legítima da religiosidade Católica da comunidade Afro-brasileira

Características
Número de páginas 467
Edição 1 (2010)
Formato A5 (148x210)
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Tcharles Avner

Historiador, Filósofo e teólogo. Fundador do Instituto Histórico de Betim.

Possui graduação em História. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Teatro, atuando principalmente nos seguintes temas: patrimônio cultural, elaboração de projetos, patrimônio histórico, projetos culturais e tombamento. Integrante do Projeto "Plantão do Riso" (Palhaços de Hospital).Dentre os diversos projetos e eventos que trabalhou e implantou estão: Rota Cine Clube (casa da Cultura [2005 – 2008]), Chá da Memória (busca de informações de tradição oral), Contos da Casa (Vivencias de oralidade regional [2004 a 2008], exposições diversas entre os anos de 2004 e 2008 na Casa da Cultura de Betim com temas como Obras Raras, Tropeiros de Minas Colonial, Religiosidades Mineiras, Congado, Instrumentos Antigos, Cultura Negra etc. Deu cursos sobre Patrimônio Cultural, Memória e História. Participou e liderou a equipe que produziu o inventario de bens culturais do município nos anos de 2005 a 2008 com levantamentos de campo e produção de relatório para o IEPHA-MG, além de vistorias técnicas nos bens tombados da cidade. Em educação patrimonial participou da elaboração e implantação do programa de atendimento às escolas na Casa da Cultura Josephina Bento atendendo mais de 30 escolas por ano em visitas guiadas a bens Tombados.

IMPHIC: imphic.com

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Comentários
0 comentários