“NÃO QUERO SER PROFESSORA”:
O CURSO TÉCNICO DE QUÍMICA DA ESCOLA TÉCNICA FEDERAL DE MINAS GERAIS (ETFMG) COMO ALTERNATIVA AO MAGISTÉRIO
Código do livro: 184130
Categorias
Educação, Geografia E Historia, Ciências Humanas E Sociais, Discriminação & Relações De Raça, Estudo Dos Generos, Feminismo E Teoria Ferminista
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 1692 vezes desde 25/02/2017
Versão
impressa
R$ 37,93
Valor total:
R$ 37,93
Valor total:
R$ 37,93
Este livro pode estar à venda na:
Sinopse

A pesquisa “Não quero ser professora”: o curso técnico de Química Industrial da Escola Técnica Federal de Minas Gerais (ETFMG) como alternativa ao magistério é uma análise sobre a entrada da mulher no curso Técnico de Química Industrial da Escola Técnica de Belo Horizonte, criado no ano de 1964 para suprir a demanda por mão de obra especializada das indústrias de Belo Horizonte e região. Essa entrada teve um tímido início a partir de 1966 e em 1969, as mulheres se tornaram a maioria das aprovadas, assim como no ano seguinte, mantendo-se essa maioria pelo menos até o final da década de 1970. Com base nos levantamentos feitos, é possível que o curso em questão tenha sido a porta de entrada para a mulher num ambiente até então predominantemente masculino, mas a pergunta que se faz é por que essas mulheres ousaram ir contra o que seria o caminho natural para as que queriam uma formação técnica (no caso o magistério) e por qual motivo escolheram justamente o curso de Química. Para que fosse possível encontrar respostas a essas indagações, foram feitas entrevistas com algumas ex-alunas do curso e pesquisas em jornais e revistas da época, além da documentação disponível no Arquivo Geral do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG). Por meio de suas respostas, foi possível chegar a algumas conclusões a respeito da atitude de meninas, em sua grande maioria, menores de idade, que decidiram ao menos tentar mudar um caminho pré-determinado pela sociedade, que seria a sala de aula, o lar ou a associação das duas atividades.

Características
ISBN 978-85-918231-2-3
Número de páginas 173
Edição 1 (2017)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

Fale com o autor
Fábio Liberato de Faria Tavares

Bacharel e licenciado em História pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Especialista em Impactos da Violência na Escola pela FIOCRUZ, em Mídias na Educação pela Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ) e em Educação Especial e Inclusiva pela Faculdade São Luís. Mestre em Educação Tecnológica pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG). Professor dos anos finais do ensino fundamental com pesquisas nas áreas de História Ambiental, História Oral e Gênero.

Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

0 comentários