Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
Nova Era e a Sinagoga de Satanás
Categorias
Cultura Bíblica, Missões e Evangelismo, Religião, Bíblia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 3378 vezes desde 15/10/2014
Versão
impressa
R$ 33,17
Valor total:
R$ 33,17
Versão
ebook
R$ 19,37
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 33,17
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

O presente livro intitulado "Nova Era e a Sinagoga de Satanás" é composto por quatro breves capítulos, no qual o autor apresenta preciosas informações e extrai muitas lições espirituais.

O primeiro capítulo versa sobre a origem do mal e a batalha que houve no céu. O segundo capítulo trata da tentação e da queda do homem. O terceiro considera a vida na Terra após o Dilúvio Universal. O quarto analisa as características da Babilônia Mística.

O principal objetivo do autor consistia em demonstrar biblicamente como o Movimento da Nova Era relaciona-se com a Rebelião de Lúcifer. Porém, lamentavelmente, a morte prematura do autor impediu-o de continuar desenvolvendo a sua tese.

Características
Número de páginas 55
Edição 1 (2014)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
João Batista Santos

João Batista Santos nasceu no município de Salesópolis, Mogi das Cruzes – Estado de São Paulo em 02 de julho de 1958. Filho de Pedro de Oliveira Santos e de Vicentina Maria de Oliveira. Teve os seguintes irmãos: Maria de Lourdes de Oliveira Mello, Iolanda de Oliveira de Mattos, Maria Aparecida Rodrigues dos Santos, Antônio de Oliveira Santos e o irmão adotivo Benedito Feliciano de Lima. Estudou no Grupo Escolar “João Batalha” em Mogi das Cruzes, e posteriormente fez o curso supletivo no Policursos até concluir a 8ª Série.

Em 26 de outubro de 1978, quando estava com 20 anos de idade, casou-se com a atraente e jovem Maria Raquel Franco de Aveiro na cidade de Mogi das Cruzes. O casal foi abençoado com o nascimento de dois lindos e saudáveis filhos: Anderson Gustavo Santos e David Eliezer Santos; três maravilhosos netos: Pablo Henrique Santos, Pedro Augusto Santos e Maria Eduarda Nunes Santos.

Por ocasião do seu casamento, exercia a profissão de lavrador. Porém, visando oferecer melhor conforto e melhores condições financeiras à sua família, esforçou-se até tornar-se um exímio empreiteiro de obras. Era muito requisitado por sua qualificação profissional.

Como pai amava muito a seus filhos e netos. Ele tinha um hobby muito especial: nos tempos livres relaxava a mente pescando. Homem inteligente e autodidata era um hábil desenhista. Gostava de ler. Na verdade lia muito, devorava livro após livro.

Converteu-se ao cristianismo por influência de sua noiva e futura esposa Maria Raquel Franco Santos. Foi batizado em setembro de 1978 na Igreja Adventista do Sétimo Dia de Mogi das Cruzes, cuja cerimônia religiosa foi realizada pelo pastor Rui Câmara.

Desde o início de seu batismo, passou a ter participação ativa junto à igreja do Jardim Santa Cecília, localizada na Rua Massao Kakiuti, 159, na cidade de Mogi das Cruzes.

Exerceu o cargo de diretor do departamento lar e família; foi diretor de pequenos grupos e um dedicado diácono. Em especial foi diretor do pequeno grupo de Vila Nova Jundiapeba, que se reunia num salão localizado na casa da irmã Francisca Alda Paulínio. Como resultado de seus relevantes serviços à causa do Senhor, hoje aquele pequeno grupo transformou-se na igreja central: Igreja Adventista do Sétimo Dia de Vila Nova Jundiapeba.

Gostava de pregar sermões expositivos e temáticos relacionados com as profecias bíblicas extraídas dos livros do profeta Daniel e do Apocalipse. Entretanto, o seu maior prazer consistia em ministrar estudos bíblicos aos mais diversos interessados e visitar os membros afastados e faltosos, ajudando-os em suas necessidades espirituais.

Sistematicamente, todos os sábados, logo após o almoço, João e Raquel tinham o costume de sair juntos para ministrar estudos bíblicos e realizar visitações. João sempre procurava buscar recursos e distribuir aos necessitados itens básicos como alimentos, carinho, atenção e solidariedade. Para o casal, toda essa atividade era muito gratificante.

Como resultado de seus perseverantes esforços evangelísticos, o casal teve grande êxito em angariar para a verdade alguns amados filhos na fé em Cristo. Entre eles, destacam-se o querido casal Paulo Henrique de Oliveira e Maria Vanderli de Moura Oliveira. O amoroso casal Sérgio Ribeiro Xavier e Lucivânia Moreira Xavier. A inesquecível e amada família Valdir José Viera, Iolanda Aparecida Ticeu Vieira, Miriam Isabel Vieira e Alessandra Iolanda Vieira.

Em todos os estudos bíblicos ministrados pelo casal João e Raquel, eles sempre estavam acompanhados pelo ilustre irmão e amigo da família Eduardo José dos Santos.

A última atividade do nosso querido João Batista Santos na área da filantropia foi realizada junto com o irmão Josué dos Santos, durante a semana santa de 2008. Essa atividade tinha por objetivo ensinar aos fumantes as principais técnicas de combater os malefícios do tabagismo por meio do curso intitulado: “Como Deixar de Fumar em Cinco Dias”.

A partir de meados de 2008 o irmão João começou a manifestar os primeiros sintomas de doença renal. Durante dois anos e meio realizou rigorosamente hemodiálises. Nos últimos meses começou a definhar progressivamente. Em seu leito de dor, recebeu a visita do pastor Jeremias Padilha, de quem recebeu a extrema unção. Porém, o inevitável estava para acontecer. Às 15 horas do dia 06 de abril de 2011, quando contava apenas 52 anos de idade, veio a falecer no Hospital do Rim e Hipertensão de São Paulo – SP. Sua certidão de óbito registra como causa da morte o seguinte: “disfunção de múltiplos órgãos e sistemas, infecção urinária, transplantes renal, Nefropatia Hipertensiva, Diabetes Mellitus Tipo R”.

O querido e amado João Batista Santos teve o seu corpo velado no Velório Municipal e foi sepultado no Cemitério de São Salvador em Mogi das Cruzes – SP.

Hoje, o seu corpo jaz inerte no pó da terra. Porém, quando Jesus retornar, o nosso amado João sairá da sepultura glorificado e revestido de imortalidade. Como recompensa por sua fé no Salvador, receberá um corpo jovial e perfeito, sem nenhum traço das terríveis consequências e marcas do pecado, livre de toda dor e enfermidade. Amém!

Comentários
0 comentários