Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
O JESUS DOS JUDEUS
A SURPREENDENTE DESCOBERTA DO NOME DE JESUS DE NAZARÉ NO ANTIGO TESTAMENTO
Categorias
Estudo Bíblico, Ciências Humanas E Sociais, Religião, Antiguidades E Arqueologia, Arqueologia, Bíblias
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 5523 vezes desde 16/10/2013
Versão
impressa
de R$ 37,47 por
R$ 31,40
Coloração
Acabamento
Valor total:
R$ 31,40
Valor total:
R$ 31,40
Sinopse

É provável que possamos encontrar aqui uma das provas mais contundentes e inegáveis de que Jesus tinha o nome do Messias que os judeus esperavam, registrado magistralmente nas escrituras hebraicas.

A forma como o nome de Jesus (YESHUA) pode ser encontrado no Antigo Testamento (AT), (TANACH em hebraico), ligada ao Messias de Israel é inédita e até então, aparentemente, desconhecida no seio das comunidades cristãs e judaicas, quer sejam acadêmico – científicas, teológicas, religiosas ou leigas.

Essa é uma reflexão que vai nos mostrar mais uma faceta do Homem que influenciou, mais do que qualquer outro homem neste planeta, o curso de toda a história da raça humana.

Centenas de estudos teológicos e científicos já foram realizados no Antigo Testamento em busca do Jesus do Novo Testamento, mas nada ainda pode ser comparado ao que é apresentado nesse trabalho não só inédito, mas insólito.

O Jesus que emerge aqui no Antigo Testamento é um Jesus identificado como o Messias de Israel e com o mesmo Nome que ele seria conhecido no Novo Testamento e ainda indicando, no mesmo texto em hebraico literal, que ele seria conhecido como o "Nazareno" anunciado pelos profetas hebreus. Mesmo esse epíteto "Nazareno" não se pode encontrar nas traduções do hebraico em qualquer Bíblia. O Novo Testamento registrou que o Messias seria conhecido como Nazareno de acordo com o anunciado pelos profetas, mas quando buscamos essa informação nas traduções do Antigo Testamento, não encontramos. Isso só pode ser visto quando mergulhamos no texto hebraico do Antigo Testamento (TANACH para os judeus).

O estudo aqui esboçado é um apelo aos grupos que estudam, interpretam e traduzem a Bíblia e mesmo àqueles que se interessam em saber apenas quem foi Jesus e o que ele representa para nós seres humanos, para que ouçam e percebam a eloquência e riqueza de detalhes do texto sagrado judaico-cristão.

Características
Número de páginas 107
Edição 1 (2013)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Nivaldo Marcolino

Pós-graduado em História Contemporânea (lato sensu) pela UFF (Universidade Federal Fluminense - RJ) e é militar veterano da reserva do quadro de Engenharia do Corpo de Fuzileiros Navais onde atuou em missões diversas no Brasil e no exterior como perito em operações anti minas e explosivos em missões humanitárias de desminagem pela OEA. É brasileiro do estado Paraná com dupla cidadania, sendo a segunda italiana.

Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
de R$ 31,47
R$ 25,41
Ebook
R$ 16,14
Impresso
de R$ 36,08
R$ 30,01
Ebook
R$ 22,60
Impresso
de R$ 27,17
R$ 21,11
Impresso
de R$ 33,00
R$ 26,94
Ebook
R$ 16,14
Impresso
de R$ 33,13
R$ 27,06
Ebook
R$ 16,14
Impresso
de R$ 32,55
R$ 26,49
Ebook
R$ 16,14
Impresso
de R$ 46,46
R$ 40,39
Ebook
R$ 16,14
Impresso
de R$ 38,84
R$ 32,78
Impresso
de R$ 52,86
R$ 46,80
Impresso
de R$ 27,71
R$ 21,64
Comentários
4 comentários
Luís Felipe Nunes Borduam
Quinta | 14.01.2016 às 01h01
Este livro resolve um dos maiores problemas da interpretação bíblica a respeito de uma profecia constante no Evangelho de Mateus 2:23 que diz que o Messias seria chamado Nazareno. O autor prova através do A.T que o Messias não só seria chamado Nazareno como seu nome seria Jesus. Eis um livro digno de ser estudado e propagado suas informações. Parabéns!
ALBA VALERIA SAMPAIO
Sábado | 02.08.2014 às 01h08
Estudei um pouco do HEBRAICO, com dois Professores: Americano no ano de 1987-RJ. No primeiro dia,foi-nos perguntado os nomes, quando chegou a minha vez: Alba , respondeu-me: em hebraico é LEVANAH, significa BRANCA, encontra-se na Biblia como ALVA. Lembrei-me então:..se tomar as asas da ALVA..Meu nome escondiodoe o que dizer, de YESHUA (ישוע) e SALVÇÃO (ישועה), mas, ESTÁ LÁ ESCONDIDO.
Marcio Cristian Sampaio dos santos
Terça | 06.05.2014 às 13h05
Um inicio muito revelador, acabei de comprar o livro via Clube dos Autores, e aguardo ansioso sua chegada, pois li suas primeiras 6 páginas e fiquei muito curioso com o que ainda vem por ai !!! O que mais me surpreendeu foi como o autor consegue falar de Jesus sem ter uma abordagem religiosa !!!! Volto a comentar quando o mesmo chegar, mas nesse inicio posso acreditar que terei uma leitura inteligente e reveladora.
Sarah Helena
Sábado | 09.11.2013 às 15h11
Uma obra realmente fantástica. Ainda não tinha visto uma abordagem tão profunda e insólita sob um prisma nunca antes explorado na historiografia desse ilustre judeu. Os que amam o tema no mundo todo precisam conhecer essa revelação no Antigo Testamento do Homem mais famoso de Nazaré e aquele que projetou essa humilde cidadezinha dos confins de Israel para o mundo todo.