Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
O LEÃO & A GAZELA
DIALÉTICA DO ESCLARECIMENTO
Categorias
Desenvolvimento Humano, Educação, Filosofia, Adultos E Educação Continuada, Filosofia E Aspectos Sociais, Liderança
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 30129 vezes desde 26/05/2014
Versão
impressa
R$ 46,07
Valor total:
R$ 46,07
Valor total:
R$ 46,07
Este livro pode estar à venda na:
Sinopse

Enquanto Descartes, na sua máxima "penso, logo existo", preconizava, como Platão antes havia feito, a supremacia do Espírito (ideia) sobre a Matéria, Francis Bacon, por outro lado, defendia que, na busca pelo conhecimento, precisávamos nos preocupar em nos livrarmos dos ídolos, das falsas noções e/ou ideias que migravam para o nosso ser, para o espírito humano, como se fossem entes, isto é, como seres que nos tiravam da condição de possuidores de ideias e nos colocavam na condição escravizada de meros possuídos por elas (ideias), dando-nos, todavia, ao mesmo tempo, a ilusão e/ou sensação de estarmos “hiperconscientes.”

Mais adiante, já no fim da era moderna e/ou início da contemporânea, o embate continua: Agora, entretanto, entre Hegel e Marx e/ou vice versa.

As proposituras de Hegel não são muito diferentes das dos outros idealistas.

Mas, as de Karl Marx, foram inovadoras, ou melhor, revolucionárias: ele, Marx, criou a teoria Materialista da História e/ou melhor, o chamado Materialismo Dialético e/ou a ideia de práxis, que, muitos educadores, como Paulo Freire, aos seus modos, começaram depois a chamar também de práxis pedagógica. Ora, mas o que vem a ser o principio dialético Marxista?

Não tenho aqui a pretensão de explicar o pensamento de Marx, porque, o mesmo, já se explica por si só.

Resumindo, o que se pode dizer é que, ele, o princípio dialético, é o mesmo que uma espécie de “complexidade do óbvio". Isto é, por meio dos seus princípios preconiza-se, entre outras coisas, que:

1- a prática e/ou matéria não se reduzem e/ou não devem se reduzir à teoria; e, que:

2- nem tampouco a teoria e/ou a ideia devem ser reduzidas à prática.

Ou seja, que é preciso haver um processo dialético.

Em outras palavras:

3- tem-se sempre uma tese, que, seguindo um processo socialmente dinâmico:

4 dará, supõe-se, sempre origem a uma antítese que, por sua vez:

5- redundará, também se supõe, numa síntese, ou seja:

6- numa nova tese, até o curso final da história, que seria, para Marx, a chamada "sociedade perfeita".

- “Isso não seria uma utopia?”

Saibam muitos, porém, que, para Marx, existe um caminho, enquanto alvo, a seguir, mas também que, esse caminho, ao contrário do que preconizam os Idealistas, faz-se somente ao andar. Ou seja, nas palavras do próprio Marx:

“Para ser capaz de transformar (a sociedades e/ou a nossa condição social) é também preciso, antes, ser capaz de transformar-se...”

Eis aí o real sentido desse livro:

“Pode alguém vir a transformar-se sem o acesso ao esclarecimento, sem a tomada de consciência crítica e/ou sem ser capaz de aprender a pensar, além de somente (por meio das instituições ditas educativas) aprender pensamentos, sob a forma de saberes enlatados que (como certa vez escreveu-nos Nietzsche) embrutecem os nossos pensamentos?”

Esperamos que, esse livro, assim como as dezenas de obras do autor possam, de alguma forma, contribuir à formação de uma geração mais feliz, humana, fraterna, respeitosa de suas diferenças, consciente e emancipada intelectualmente.

O autor

Características
ISBN 9781497335233
Número de páginas 159
Edição 1 (2014)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
CLEBERSON EDUARDO DA COSTA

Cleberson Eduardo da Costa (mais de 100 livros publicados, muitos deles traduzidos para outros idiomas), natural do Rio de Janeiro, é Graduado pela (UERJ - Universidade do Estado do Rio de Janeiro/1995-1998), Pós-graduado em educação (UCAM – Universidade Candido Mendes), Pós-graduando em Filosofia e Direitos Humanos (UCAM – Universidade Candido Mendes), Mestre e Doutor (livre) em Filosofia do conhecimento (epistemologia) e Pedagofilosofia Clínica (FUNCEC - pesquisa, ensino e extensão), Pesquisador, Professor universitário, Especialista em metodologia do ensino superior, Licenciado em Fundamentos, Sociologia, Psicologia e Filosofia da educação, Didática, EJA (educação de Jovens e adultos) etc.

Além disso, foi aluno Especial do Mestrado em Educação (1999-2001/PROPED/UERJ), matriculado, após aprovação em concurso, nas disciplinas [seminários de pesquisa] “ESTATUTO FILOSÓFICO” (ministrado e coordenado pela professora Drª Lilian do Valle); e “POLÍTICAS EDUCACIONAIS NO BRASIL E NA AMÉRICA LATINA” (ministrado e coordenado pelo professor Dr. Pablo Gentili).

Estudou também no curso de MBA em Gestão Empresarial pela FUNCEFET/RJ/Região dos Lagos (2003-2005); no curso de Pós-Graduação em Administração e Planejamento da Educação pela UERJ (1999-2000); e realizou vários cursos livres e/ou de aperfeiçoamento nas áreas da filosofia e da psicanálise por instituições diversas, entre elas a FGV (Fundação Getúlio Vargas) e a SBPI (sociedade brasileira de psicanálise integrada).

De 1998 a 2008, atuou como professor de ensino superior (Instituto Superior de Educação da UCAM/universidade Cândido Mendes) nos campus universitários de Niterói, Nova Friburgo, Araruama, Rio de Janeiro, Teresópolis, Rio das Ostras, etc.

Participou (em sua trajetória profissional e/ou intelectual acadêmica) de diversas pesquisas, como, por exemplo, o projeto UERJ-DEGASE, relativo à (EJA) e também em pesquisas centradas em problemáticas políticas, filosóficas e pedagógicas com professores renomados, como Pablo Gentili (UERJ/CLACSO), Cleonice Puggian (UNIGRANRIO), Carla Imenes (UEPG), Cristiane silva Albuquerque (UERJ), Marco Antonio Marinho dos Santos (OCA/RJ) entre muitos outros.

Atualmente dedica-se à docência universitária; a pesquisas em educação; a consultorias relativas à educação, no sentido do aprimoramento, da superação e do desenvolvimento humano; à realização de palestras acadêmicas e multiorganizacionais e à produção de obras nos mais diversos campos do saber.

[email protected]

Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 38,79
Ebook
R$ 19,37
Impresso
R$ 37,75
Ebook
R$ 15,61
Impresso
R$ 33,90
Ebook
R$ 15,07
Impresso
R$ 32,83
Ebook
R$ 13,99
Impresso
R$ 31,75
Ebook
R$ 12,92
Impresso
R$ 31,75
Ebook
R$ 12,92
Impresso
R$ 33,90
Ebook
R$ 13,99
Impresso
R$ 41,44
Ebook
R$ 23,68
Impresso
R$ 30,67
Ebook
R$ 12,92
Impresso
R$ 33,90
Ebook
R$ 16,14
Impresso
R$ 39,28
Ebook
R$ 21,53
Comentários
0 comentários