O Livro Proibido do Jiu-Jitsu - Volume 2
A história que os Gracies não contaram
Código do livro: 164753
Categorias
Esportes E Lazer, Geografia E Historia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 7423 vezes desde 05/05/2014
Versão
impressa
R$ 78,90
Valor total:
R$ 78,90
Valor total:
R$ 78,90
Este livro pode estar à venda na:
Sinopse

A história que os Gracie não contaram.

Foi uma surpresa, quando pesquisando alguns personagens para inclui-los na obra, que a mais de sete anos venho elaborando “Gênesis do Jiu-Jítsu”, onde tenho a pretensão de mostrar aos praticantes das artes do Judô e do Jiu-Jítsu suas verdadeiras origens, seu desenvolvimento no Japão, e sua introdução no Brasil.

Pesquisando no site da “Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro”, em seus arquivos digitalizados dos jornais antigos (A Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro é considerada pela “UNESCO”, como a sétima maior do Mundo).

“No inicio, pesquisando as reportagens jornalísticas do ano de 1929, foi quando me deparei com as primeiras menções à figura pesquisada do lutador Géo Omori”, que pouco ou nada se sabia a seu respeito, somente duas menções de Carlos Gracie que lutara com o mesmo. Durante a leitura dos periódicos, fui formando um conceito sobre cada personagem, descobria suas trajetórias no mundo das lutas, seus feitos, e foi possível ir restabelecendo quem era quem na história.

A grande surpresa foi quando depois de consegui reunir de forma cronológica, diversos artigos sobre Géo Omori, Carlos Gracie, George Gracie, Hélio Gracie Yassuiti Ono, Naoiti Ono, Takeo Yano e outros, que totalizaram aproximadamente 1.500 paginas de reportagens, e que davam a dimensão exata de como tudo tinha ocorrido.

Comparando tudo que havia lido sobre a família Gracie durante mais de 20 nos, e já tinha uma matéria pronta sobre os mesmos para colocá-los na obra a ser lançada “Gênesis do Jiu-Jítsu”, com o titulo de “A SAGA DE UMA FAMÍLIA”, nas paginas destinada a eles, onde os enaltecia como Pioneiros, Campeões, Criadores do “Vale Tudo”. Achava que tinham se autopromovidos de forma fantástica, foram cantados em “versos e prosas” pelos quarto cantos do mundo. Os Gracie, principalmente Hélio, tinha sua história consolidada, e era enaltecido pela maioria dos sites e portais da Internet, não se conseguia falar em Jiu-Jítsu sem fazer referencia ao mesmo. Minha surpresa quando me deparo com outras histórias registradas por anos e anos a fio nos mais diversos periódicos da época, onde de protagonistas e heróis, se transformam não em coadjuvantes, mas sim em antagonistas.

Enfim o que fazer com todas essas pesquisas que modificavam radicalmente a história contada pelos Gracie.

Após consulta a diversas pessoas da área jurídica e desportiva, pois o que descobrira nos acervos da “Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro”, mudaria radicalmente toda a história contada pelos Gracie, e repetidas sistematicamente por milhares de internautas. Resgataria definitivamente para a história outros protagonistas e coadjuvantes, mais importantes na história da arte do que os próprios Gracie. E assim foi feito, lancei primeiramente a obra com o titulo de Géo Omori “O Guardião Samurai”, na segunda edição, aumentada de 700 paginas para 1.300, editado em três volumes, onde coloco a grande maioria das pesquisas, também em forma cronológica para melhor organização e compreensão do leitor. “O titulo original “Géo Omori” foi modificando para O LIVRO PROIBIDO DO JIU-JÍTSU”.

O primeiro volume foi lançado em Janeiro, esse segundo volume agora em Maio, e o terceiro e último volume com previsão para Julho próximo.

Características
ISBN 978-85-914075-2-1
Número de páginas 501
Edição 1 (2014)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

Fale com o autor
Marcial Serrano

Marcial Serrano 67 anos, é graduado faixa preta em Jiu-Jítsu desde 1982 pelo grande mestre Oswaldo Carnivalle 9º DAN, pela Federação Paulista de Jiu-Jítsu.

Hoje se considera estudioso das artes marciais, pois desde 1992 vem fazendo pesquisas para a elaboração de diversos manuais. Tendo um dos maiores acervos históricos sobre o Jiu-Jítsu e Judô.

Lançando dois manuais do método Kawaishi nesse ano de 2012, em fase final a "Gênese do Jiu-Jítsu" com previsão para o inicio de 2013 e mais três manuais já em elaboração para serem lançados até 2015.

Espera dar grande contribuição para a arte no Brasil!

Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

1 comentários
Edson
Sexta | 17.10.2014 às 14h10
Parabéns pela dedicação e esclarecimentos sobre a nobre arte suave . Você já pensou em pesquisar sobre Oswaldo fadda pois ele contribuiu muito pelo jiujitsu no Brasil e infelizmente pouco ou quase nada sebemos . Desejo sucesso .