Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
O QUE É APRENDER, ENSINAR E AVALIAR
TEORIAS DO CONHECIMENTO E DA EDUCAÇÃO
Categorias
Ocidental, Educação, Filosofia, Epistemologia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 22934 vezes desde 07/11/2014
Versão
impressa
R$ 47,31
Valor total:
R$ 47,31
Valor total:
R$ 47,31
Este livro pode estar à venda na:
Sinopse

Esta é uma obra de Pedagogia da filosofia e não de filosofia da educação. Desenvolvemos o nosso estudo a partir de uma perspectiva epistemológica histórica, procurando compreender possíveis e, por isso mesmo, talvez ainda não conhecidas, na presente era pós-moderna, essenciais relações entre as diferentes teorias do conhecimento e os seus respectivos axiomas sobre aprendizagem, ensino e avaliação.

Diferentes pensadores, ainda que indiretamente, procuraram e/ou têm procurado, aos seus modos, abordarem tais temáticas. Alguns, do antigo mundo Grego, como Platão, Parmênides, etc., desenvolveram teses Inatistas e/ou pré-deterministas; outros, mais radicais, como Górgias e Pirro, teses cético-absolutas; outros ainda, como Aristóteles, discípulo divergente de Platão, teses empiristas.

Em outras palavras, mesmo entre aqueles que afirmaram ser possível ao homem de fato “conhecer ou saber”, existiram também divergências quanto aos ditos métodos ou caminhos e limites dessas possibilidades. Partiremos, sendo assim, das contribuições dadas pelos filósofos clássicos, aqueles que foram os precursores das teorias do conhecimento e, que, mais tarde, especificamente ao longo da era moderna, por meio de pensadores como Descartes, Francis Bacon, etc., foram utilizados como égide para a estruturação dos novos valores da Ciência e/ou das novas formas de conhecer científicas.

Faz-se importante ressaltar, todavia, que o nosso objetivo é buscarmos compreender possíveis relações substanciais existentes entre as principais teorias do conhecimento (Platonismo, Neoplatonismo, Racionalismo, Idealismo dialético, empirismo, Kantismo, fenomenologia, materialismo dialético, etc.) e às novas exigências educacionais (tempos ditos Pós-modernos, de Individualismo, Consumismo, Meritocracia, Xenofobismo).

O autor

Características
ISBN 978-1503140264
Número de páginas 137
Edição 1 (2014)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
CLEBERSON EDUARDO DA COSTA

Cleberson Eduardo da Costa (mais de 100 livros publicados, muitos deles traduzidos para outros idiomas), natural do Rio de Janeiro, é Graduado pela (UERJ - Universidade do Estado do Rio de Janeiro/1995-1998), Pós-graduado em educação (UCAM – Universidade Candido Mendes), Pós-graduando em Filosofia e Direitos Humanos (UCAM – Universidade Candido Mendes), Mestre e Doutor (livre) em Filosofia do conhecimento (epistemologia) e Pedagofilosofia Clínica (FUNCEC - pesquisa, ensino e extensão), Pesquisador, Professor universitário, Especialista em metodologia do ensino superior, Licenciado em Fundamentos, Sociologia, Psicologia e Filosofia da educação, Didática, EJA (educação de Jovens e adultos) etc.

Além disso, foi aluno Especial do Mestrado em Educação (1999-2001/PROPED/UERJ), matriculado, após aprovação em concurso, nas disciplinas [seminários de pesquisa] “ESTATUTO FILOSÓFICO” (ministrado e coordenado pela professora Drª Lilian do Valle); e “POLÍTICAS EDUCACIONAIS NO BRASIL E NA AMÉRICA LATINA” (ministrado e coordenado pelo professor Dr. Pablo Gentili).

Estudou também no curso de MBA em Gestão Empresarial pela FUNCEFET/RJ/Região dos Lagos (2003-2005); no curso de Pós-Graduação em Administração e Planejamento da Educação pela UERJ (1999-2000); e realizou vários cursos livres e/ou de aperfeiçoamento nas áreas da filosofia e da psicanálise por instituições diversas, entre elas a FGV (Fundação Getúlio Vargas) e a SBPI (sociedade brasileira de psicanálise integrada).

De 1998 a 2008, atuou como professor de ensino superior (Instituto Superior de Educação da UCAM/universidade Cândido Mendes) nos campus universitários de Niterói, Nova Friburgo, Araruama, Rio de Janeiro, Teresópolis, Rio das Ostras, etc.

Participou (em sua trajetória profissional e/ou intelectual acadêmica) de diversas pesquisas, como, por exemplo, o projeto UERJ-DEGASE, relativo à (EJA) e também em pesquisas centradas em problemáticas políticas, filosóficas e pedagógicas com professores renomados, como Pablo Gentili (UERJ/CLACSO), Cleonice Puggian (UNIGRANRIO), Carla Imenes (UEPG), Cristiane silva Albuquerque (UERJ), Marco Antonio Marinho dos Santos (OCA/RJ) entre muitos outros.

Atualmente dedica-se à docência universitária; a pesquisas em educação; a consultorias relativas à educação, no sentido do aprimoramento, da superação e do desenvolvimento humano; à realização de palestras acadêmicas e multiorganizacionais e à produção de obras nos mais diversos campos do saber.

[email protected]

Comentários
0 comentários