Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
Os Puris da Mantiqueira
Presença Indígena no Vale do Paraíba
Categorias
Ciências Humanas E Sociais, Geografia E Historia, Civilização, Geografia Humana, Trabalho Social
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 1317 vezes desde 26/07/2017
Versão
impressa
R$ 50,39
Valor total:
R$ 50,39
Valor total:
R$ 50,39
Sinopse

Tribos nas margens do Rio Paraíba do Sul: Tamoios, Guarumirins, Guaranazes, Puris, Tupinambás, Temiminós, Guarulhos, Coropós e Goitacazes. As principais aldeias Puris eram onde hoje se situam as cidades de Lorena, Queluz e Resende (Vila da Fumaça).

Por volta de 1780, diante da dificuldade de derrotar os Puris, os brancos contaminam-os com varí- ola. Em 1788, eles vão fugidos pela Serra da Mantiqueira para áreas onde hoje estão a Serrinha do Alambari, Visconde de Mauá e localidades de Minas Gerais.

Puri (Por-i) significa povo miúdo, de pequena estatura. Eram troncudos de pele vermelha, fina e macia, com cabelos lisos e escorridos sobre os ombros. Povo nômade, moravam sob folhas de bananeiras sustentados por varas, onde acendiam fogueiras e estendiam redes feitas de embira. Só possuíam chefe em tempos de guerra. Os homens faziam armas, caçavam e guerreavam. As mulheres colhiam os alimentos e confeccionavam utensílios de barro e taquara.

Ocasamento era poligâmico, a união podia ser desfeita pela vontade de um ou de outro e em muitos casos os homens ajudavam com o novo marido. Sua maior diversão era a dança, pintando-se de vermelho (urucum), azul (genipapo) e preto (carvão). Nesses momentos, os puris formavam fileiras de homens e mulheres, sem distinção de idade, e se punham a cantar e dançar.

Viam a morte como uma passagem para outra vida. A imortalidade da alma era inquestionável para essa tribo e o “outro mundo” era visto como uma mata agradável, onde havia muitos pés de sapucaia e caça abundante.

Características
Número de páginas 342
Edição 1 (2015)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Maurício de Souza Lino

Maurício de Souza Lino nasceu em Campos do Jordão SP, na Serra da Mantiqueira, cidade mais alta do Brasil, onde viveu sua infância e realizou seus estudos de primeiro e segundo graus.

Em 1970 frequenta um colégio de freiras adoráveis – SEA – Sociedade de Educação e Assistência, cercado e educado por irmãs piedosas, onde viu nascer sua fé cristã e seu interesse pela história. Cresceu e mais tarde desce a Serra em direção ao Vale do Paraíba, mudando-se para a cidade vizinha de Pindamonhangaba, onde permaneceu por quase 20 anos. Ali, descobre os degraus da fé cristã, apaixonando-se por leituras devocionais e livros de espiritualidade, e também na necessidade de acreditar na história que está viva, embora encerrada em velhos arquivos. Percebe que a tarefa do historiador é resgatar a história através da pesquisa.

De 1977 a 1988 trabalha no Palácio Boa Vista, exercendo as funções de Operador de Telecomunicações e Apoio a Recepções, tendo a honra de permanecer ao lado do saudoso político, prefeito, advogado e escritor, Dr. Arakaki Masakazu, por longos 12 anos.

Em 1988, vocacionado a viver uma vida religiosa, contemplativa, segue para a cidade de Itu, SP, no Convento Carmelitano, onde permanece por apenas um ano, pois o pai veio a falecer.

A partir dos anos 90, Técnico em Dependência Química, Diretor de Comunidade Terapêutica nas cidades de Pindamonhangaba, Jacareí, São José dos Campos, Cunha e Guaratinguetá, num período de 08 anos aproximadamente.

Em 1997, após o passamento de sua mãe, casa-se, e vai morar na cidade vizinha de Lorena SP. Em 2003, passados seis anos de matrimônio, torna-se viúvo.

Volta para a montanha, junto aos irmãos, e casa-se novamente, com Maria Aparecida Moreira, dessa vez morando na sua terra natal, Campos do Jordão, SP. Nessa época é acometido por diabetes. É chamado por Deus, para exercer o Ministério de Pastor na Igreja Assembleia de Deus onde congrega atualmente.

Membro Correspondente Imortal da Academia Luminescência Brasileira de Ciências, Letras e Artes de Araraquara SP, graduado em História, pela Universidade do Vale do Paraíba, UNIVAP. Historiador, Professor, Educador, Pastor, Escritor, autor de vários livros e compilações:

Os Grumetes da Nau Santa Maria; O Menino que não Gostava de Matemática; A Princesa do Vale Encantado; Adeus Drogas, Há Deus!; Os Verdadeiros Extraterrestres; Retiro Espiritual Para Jovens; Jardim de Deus; A Cidade dos Cristãos; Quando o Leão Ruge...; A Fonte da Juventude; O Anjo das Mil Faces; Ob Portus; As Cores da Vida; Os Diamantes do Rei; Síndromes da Ética Cristã; Carmesim; O Rapto dos Cristãos; Tripalium; As Pupilas do Senhor Jesus; A Vida é Bela, com Jesus; Cosmovisão Cristã; Feliz Natal; Nos Salgueiros que lá havia...; O Senhor das Estrelas; Estação Outono; Martinho Lutero; Os Puris da Mantiqueira; Memórias do Soldado Lino; Campos do Jordão – Retratos Biográficos, Da Freguezia do Imbery aos Campos do Jordão, e outros...

São livros diversos, desafiadores e diferentes de qualquer obra escrita do gênero: relacionamentos, prosperidade, disciplina, história, fé e tantos outros assuntos abordados, que, se forem descobertos, ajudarão a abrir a porta para transformar medo em desafio, talento em conquista e a vida em uma grande união com Deus; temas importantes, desde comunhão até transformação social, sob a perspectiva cristã, contextualizados com nossa cultura.

O desejo de ser escritor esteve presente desde a infância. Agora, veio num momento maravilhoso da sua vida. São livros diversos que se aprofundam nos mais variados gêneros: Crônicas, Memórias, Romance, História, Espiritualidade Cristã. As obras são um espaço de conhecimento, cultura e espiritualidade.

É proprietário e editor do Blog "Oleiros do Rei e Historiador da Mantiqueira”.

Editor de muitos outros artigos, onde procura transmitir a importância e o prazer de conhecer a história, sobretudo os fundamentos da fé cristã.

Sua vida se une ao propósito em ministrar a Palavra de Deus e resgatar vidas para o Reino de Deus. Para contatos, envie e-mail para: [email protected]

Comentários
0 comentários